Ex-prefeito Brambilla deixa o PT após mais de 30 anos de filiação

Categorias Cidade, Notícias

Após cerca de 30 anos filiado ao PT em Araras, o ex-prefeito Nelson Brambilla acabou de anunciar oficialmente sua saída da legenda. O anúncio oficial aconteceu por meio de uma carta distribuída ao final da tarde de hoje, sexta-feira (10) – a carta na íntegra está ao final desta página.

Há meses já havia indícios da saída de Brambilla do partido. O anúncio, contudo, ocorreu somente agora, há poucos meses das primeiras convenções partidárias que devem definir nomes de pré-candidatos a deputados federais e estaduais. A candidatura do ex-prefeito é dada como “quase certa” no meio político.

Pelo partido Brambilla foi vereador (entre janeiro e junho de 2009) e depois prefeito – como ele era presidente da Câmara quando Pedrinho Eliseu (PSDB) foi afastado do cargo de prefeito, o então chefe do Legislativo foi conduzido ao cargo.

Brambilla cita, na carta, respeito pelo Partido dos Trabalhadores, lembrando que era filiado ao PT ao ingressar na vida política local sendo vice-prefeito e secretário Municipal da Saúde de 2000 a 2004, candidato a vereador pelo PT em 2008 (sendo eleito após ser o mais votado da história de Araras).

O médico foi eleito vereador em 2008 com 7.394 votos para a Legislatura de 2009 a 2012. De cara tornou-se presidente da Câmara, aos 57 anos, no biênio 2009-2010, porém não completou o período justamente para cumprir determinação do Juiz Eleitoral; ele então tomou posse como prefeito em 19 de maio de 2009 e 8 de julho do mesmo ano.

Depois a interinidade passou a ser definitiva – Brambilla disputou eleições suplementares contra Pedro Eliseu Sobrinho (pai do atual prefeito) e obteve 56,3% dos votos – contra 43,6% dos votos de Eliseu, em eleição convocada depois da condenação de Pedrinho Eliseu e Agnaldo Píspico por abuso de poder econômico e uso indevido dos meios de comunicação. Em 2012, também pelo PT, Brambilla foi reeleito prefeito de Araras.

Ele ainda não disse para qual partido irá. Apesar do ex-prefeito não citar na carta possível candidatura em 2018, especula-se que a saída dele acontece justamente em momento em que seu nome é cotado, em breve, para candidatura a deputado.

Leia abaixo, na íntegra, a carta de desfiliação do ex-prefeito Nelson Brambilla:

“Caros amigos e amigas de partido e lutas, meus eleitores a toda população Ararense.

Transmito hoje a todos uma decisão de grande relevância que vinha sendo tratada em pequeno círculo de familiares, amigos e companheiros de trajetória política, e que foi tomada após intensa reflexão. Assim, encaminho hoje meu pedido de desfiliação do Partido dos Trabalhadores (PT).

Particularmente foi um processo intenso, profundamente marcado pela emoção e pela vinda à tona de cada momento significativo de uma trajetória de mais de 30 anos, na qual ajudei a construir o sonho de um Brasil democrático, de uma cidade mais justa e humana, sendo militante do mesmo partido por mais de 30 anos.

Tenho profundo respeito pelo Partido dos Trabalhadores, pois foi o PT de Araras que me proporcionou ingressar ativamente na vida política. Tive o privilégio ser Vice-Prefeito e Secretário Municipal da Saúde em 2000 a 2004, posteriormente em 2008 fui candidato a Vereador pelo PT, sendo o mais votado da história de Araras, tornando-me desta forma Vereador e também Presidente da Câmara Municipal. Em Julho de 2009, por decisão da Justiça Eleitoral assumi interinamente a Prefeitura de Araras, num momento político e econômico muito delicado para a nossa Cidade. Após um ano de exercício da interinidade na condição de prefeito, em junho de 2010 nosso grupo político disputa e vence as eleições suplementares, desta forma com muita honra passei da condição de Prefeito interino para condição de Prefeito Eleito da Cidade de Araras. Fizemos grandes realizações na cidade, e pela confiança do povo Ararense e a oportunidade que o PT de Araras novamente me concedeu, fui reeleito prefeito no ano de 2012 tendo o mandato prorrogado até 31 de dezembro de 2016.

Trabalhamos, e trabalhamos muito. Nós, juntamente com o apoio do governo federal e estadual construímos várias escolas, creches, UBS, UPA, CAEM, Faculdade de Medicina, a FATEC, fizemos mais de 3 mil moradias de interesse social, construímos o CEU, o Centro de Turismos, trocamos todos os ônibus do transporte coletivo e escolar, cobrimos mais de 25 quadras poliesportivas, reformamos prédios históricos, melhoramos o Lago Municipal e o Parque Ecológico, realizamos diversos eventos na praça Barão e colocamos Araras entre as 10 melhores Cidades em Gestão Fiscal e Governança do país ressaltando o nosso zelo e seriedade para com os recursos públicos, entre tantos outros feitos. Enfim, cumprimos com a nossa missão de construir uma Araras cada vez melhor, honrando a confiança que nos foi depositada em todos esses anos pela população Ararense.

Hoje comunico minha decisão de deixar o Partido dos Trabalhadores. É uma decisão que exigiu de mim coragem para sair daquela que foi até agora a minha casa política e pela qual tenho tanto respeito. Todavia estou certo de que o faço uma mudança coerente com os valores que acredito serem os princípios basilares de um novo patamar de conquistas para os brasileiros.

Tenho certeza de que enfrentarei muitas dificuldades, mas a busca de novos horizontes, mesmo quando cercada de cuidados para não desconstituir os avanços conquistados a duras penas, nunca é isenta de riscos.

Continuo olhando para o futuro com a esperança de ver um país mais justo e humano, um país com mais inclusão e menos desigualdades, onde a educação seja o centro da mudança social que esperamos. Quero continuar a ajudar a nossa cidade, a nossa região, lutando sempre por uma saúde de qualidade, acessível a todos, com a mesma garra e determinação que sempre me acompanharam.

Estou saindo de um partido político, mas continuarei na luta e militância política por justiça, por oportunidades iguais para todas as pessoas, por direitos e por mais qualidade de vida a todos, principalmente a aqueles que mais precisam. Continuarei sendo veementemente contra a corrupção, contra qualquer tipo de exploração e preconceito.

Estarei nas ruas, no consultório e nos hospitais fazendo aquilo a qual escolhi como missão: cuidar de pessoas, na medicina e na política, pois nenhuma transformação social acontece se não for pela ação política. Com essa mesma convicção de que é possível fazer uma cidade melhor, um estado melhor e consequentemente um país melhor, peço a compreensão de todos os ararenses, dos meus eleitores, do Partido dos Trabalhadores e principalmente dos militantes do PT de nossa cidade, que estiveram conosco nessa longa caminhada. Não estou negando os imprescindíveis frutos já colhidos, estou apenas me dispondo a semear em outras searas.

O Brasil ainda tem muito por fazer, a nossa democracia é jovem e precisamos estar atentos e prontos para defendê-la. Temos muito a fazer, juntos. Podemos perceber o quanto a nossa cidade mudou e mudou para melhor. Porém é preciso mais, mais para todos. O caminho é longo, a jornada é árdua e os sonhos são necessários para buscar aquilo que tanto desejamos: construir um País soberano, justo e solidário. OBRIGADO A TODOS!

Abraço fraterno,

Nelson Dimas Brambilla”

Fonte: Tribuna do Povo – Site

Ex-prefeito Brambilla deixa o PT após mais de 30 anos de filiação

Você pode ler também!

5 novas viaturas da Guarda Civil Municipal foram adesivadas e já estão em circulação no patrulhamento preventivo

Prefeitura realizou licitação para locação de viaturas novas para a GCM, totalizando 15 Palio Weekend, 5

Read More...

Prefeito vai a Brasília e reforça pedidos de verbas para investimentos em Araras

Ele esteve acompanhado do secretário municipal de Planejamento, Paulo Bertolini. O prefeito em exercício de Araras

Read More...

Ibope para presidente, votos válidos: Bolsonaro, 59%; Haddad, 41%

O Ibope divulgou nesta segunda-feira (15) o resultado da primeira pesquisa do instituto sobre o segundo

Read More...

Poste o seu comentário::

Seu E-mail não será publicado.

Mobile Sliding Menu