Com a contratação de mais 29 agentes comunitários, Araras não apresenta mais déficit em ações voltadas à Saúde

Categorias Notícias, Saúde

Com a chegada dos profissionais em 2017, quadro atual da Secretaria é de 72 agentes que intensificaram visitas periódicas a residências, ações preventivas entre outros serviços

A contratação de 29 novos agentes comunitários de saúde pela Prefeitura fez Araras não apresentar mais déficit em ações voltadas à Saúde. Com os novos funcionários, o quadro da Secretaria Municipal de Saúde conta agora com 72 agentes.

Antes, as ações eram realizadas de forma parcial – principalmente nas questões de promoção à saúde e prevenção de doenças. Agora, normalizada, a situação melhorou os atendimentos nos PSFs (Programa de Saúde da Família), como cadastramento e mapeamento de famílias, visitas domiciliares em ações voltadas à saúde.

Os agentes foram contratados recentemente por meio de processo seletivo (concurso público), nos quais estão divididos nos seguintes PSFs: zona leste – PSF Edmundo Ulson (3 agentes), PSF Vitral Pacífico Homem (3), PSF Orlando Zaniboni (2), PSF Fermim Blanco (3), PSF Sebastião Jair Mourão (3), PSF Otavio João Breda (2) e PSF Bento Feres; zona sul – PSF Lucia B. Meneghetti I (2) e PSF Lucia B. Meneghetti II (1); zona norte – PSF Francisco Nicolla Cascelli (1) e PSF Nilton Lolo (1); e na zona oeste – PSF Jerônimo Ometto. (3). Antes disso, haviam 43 profissionais.

“Os trabalhos desenvolvidos pelos agentes comunitários de saúde são de suma importância para o município. Eles são elos das comunidades com as unidades de saúde, por meio deles os laços são estreitados, criam vínculos com a população. Além disso, os agentes realizam serviços preventivos de doenças, diagnósticos e também auxiliam nos tratamentos. A atuação é voltada para vulnerabilidade e necessidade da população. Em cada PSF da cidade há, em média, 5 agentes, que realizam visitas às regiões uma vez por semana. A divisão dos agentes é realizada de acordo com suas residências, sendo que os mesmos tem que residir em suas comunidades”, explicou Rosimeire Perinotto, enfermeira da rede municipal de Saúde.

“Ter esses profissionais em nossa equipe é fundamental para o desenvolvimento das ações da Secretaria de Saúde. Devido às visitas realizadas, onde são ouvidos os anseios da população, eles nos ajudam a melhorar os nossos serviços”, comentou o secretário municipal de Saúde, Luiz Emílio Salomé.

Mais informações sobre os agentes comunitários de saúde podem ser obtidas pelo telefone 3543-1522.

Atribuições dos agentes comunitários de saúde (Ministério da Saúde)

 Fazer o cadastramento e o mapeamento das famílias de sua área de trabalho, incluindo o atendimento do munícipe na própria unidade de saúde;

  • A realização de visitas domiciliares periódicas para monitoramento de situações de risco à família e comunidade;
  • Responsabilização em seu território pela visita periódica para controle de vetores, com o apoio do setor de controle de endemias;
  • Registrar, para fins de planejamento e acompanhamento das ações de saúde, os dados de nascimentos, óbitos, doenças e outros agravos à saúde, garantido o sigilo ético;
  • Informar os usuários sobre as datas e horários de consultas e exames agendados;
  • Analisar com a equipe de saúde as necessidades da sua comunidade, participando do diagnóstico de saúde local;
  • Promoção de ações de educação para a saúde individual e coletiva;
  • Realizar ações de educação em saúde nas unidades e no território (creches, escolas, centro comunitários entre outros locais), conforme planejamento da equipe e utilizando abordagens adequadas às necessidades deste público;
  • Realizar atenção domiciliar a pessoas com problemas de saúde controlados/compensados com algum grau de dependência para as atividades da vida diária e que não podem se deslocar até a unidade de saúde;
  • Participar do acolhimento dos usuários, proporcionando atendimento humanizado;
  • A participação em ações que fortaleçam os elos entre o setor saúde e outras políticas que promovam a qualidade de vida;
  • Participar de reuniões de equipes a fim de acompanhar e discutir em conjunto o planejamento e avaliação sistemática das ações da equipe, a partir da utilização dos dados disponíveis, visando a readequação constante do processo de trabalho;
  • Participar das atividades de educação permanente e educação continuada;
  • Alimentar e garantir a qualidade do registro das atividades nos sistemas de informação da Atenção Básica, conforme normativa vigente;
  • Acompanhar e registrar no Sistema de Informação da Atenção Básica e no mapa de acompanhamento do Programa Bolsa Família (PBF), e/ou outros programas sociais equivalentes, as condicionalidades de saúde das famílias beneficiárias;
  • Exercer outras atribuições que lhes sejam atribuídas por legislação específica da categoria, ou outra normativa instituída pelo gestor federal ou municipal;
  • Outras atribuições afins, determinadas pelo superior hierárquico.

Você pode ler também!

5ª Caminhada Passos que Salvam será nesse domingo, dia 25

A 5ª Caminhada Passos que Salvam (Araras/SP) está próxima. Será dia 25, domingo, com concentração em

Read More...

Homem é preso com drogas e cigarros contrabandeados em Araras

Na tarde desta terça-feira (20/11) um homem foi preso pela Polícia Militar com drogas e cigarros

Read More...

Polícia Militar prende traficante após denúncia em Araras

Na tarde desta terça-feira (20/11) após receberem informações via COPOM, equipes de ROCAM – Ronda Ostensiva

Read More...

Poste o seu comentário::

Seu E-mail não será publicado.

Mobile Sliding Menu