Moção de Apelo aprovada na Câmara pede melhorias estruturais nos condomínios Arnaldo Mazon e Victório Corrocher

Categorias Câmara Municipal, Notícias

Os vereadores aprovaram por unanimidade, na última segunda-feira (30), durante a 26ª sessão ordinária uma Moção de Apelo de autoria dos parlamentares Jackson de Jesus (PROS) e Rodrigo Soares (PHS), ao presidente da Caixa Econômica Federal, Nelson Antônio de Souza, ao Ministério das Cidades, à gerencia da Caixa Econômica Federal em Araras e à gerência da Caixa Econômica Federal de Piracicaba, solicitando intervenções nos condomínios do programa Minha Casa, Minha Vida Arnaldo Mazon e Victório Arthur Corrocher.

De acordo com o documento, os imóveis construídos em parceria com o governo federal e a caixa econômica federal, foram entregues na cidade de Araras no ano de 2012, onde mais de 500 famílias tiveram a oportunidade em realizar o sonho da casa própria.

O que era para ser alegria, passou a ser constrangimento e decepção para alguns moradores ao longo do tempo, já que muitos imóveis apresentaram problemas estruturais, necessitando urgentemente de reparos. Um documento, solicitando vistoria e melhorias nos imóveis, foi encaminhado pelos moradores à construtora responsável, no entanto, a empresa entrou em processo de falência, o que acarretou na negativa dos procedimentos.

Diante da falência da construtora, os moradores dos condomínios tentaram intervenções entre a prefeitura municipal de Araras e a Caixa Econômica Federal. Algumas melhorias foram realizadas pelo munícipio, mas não foram suficientes para suprir a demanda.

No final de 2016, o setor de habitação da Caixa Econômica Federal de Araras confirmou a necessidade de efetuar outras ações de melhorias nos condomínios, mas até o momento sequer foram realizadas vistorias nos apartamentos pela Caixa.

A falta de estrutura nos condomínios foi até tema de reportagem em emissora de TV. “Nos últimos meses, os problemas se alastraram entre os apartamentos, os moradores registraram nas redes sociais as dificuldades de residir no local, onde é possível notar os problemas estruturais e problemas com vazamento de esgoto. O tema ganhou espaço também no Jornal da EPTV”, destacam os parlamentares Jackson de Jesus e Rodrigo Soares no texto da Moção de Apelo.

No documento, os parlamentares destacam também que durante o período de garantia do imóvel, os apartamentos já apresentavam problemas e a Caixa Econômica Federal ciente da situação deveria ter habilitado o seguro do FAR – Fundo de Arrendamento Residencial -, o que não ocorreu. “Por isso, todos nós vereadores, representantes da população de Araras, em atendendo aos anseios dos moradores, pedimos para a Caixa Econômica Federal efetuar as intervenções nos condomínios”, finalizam os proponentes da Moção.

Com informações da Diretoria de Comunicação da CMA

Você pode ler também!

Inauguração do Ganha Tempo será na próxima segunda-feira, dia 22; intervenções no prédio estão na fase final

Novo programa tem como objetivo dar agilidade e conforto humanizando ao ararense e oferecer serviços essenciais

Read More...

Secretaria de Obras instala novas grelhas de águas pluviais no Parque Industrial

Ao todo, três peças foram recolocadas na Rua Rio Grande do Sul, próximo ao Jardim Santa

Read More...

Câmara aprova o Dia do Profissional de Educação Física em Araras

Foi aprovado por unanimidade, na última segunda-feira (08), na 36ª sessão ordinária, o projeto de lei

Read More...

Poste o seu comentário::

Seu E-mail não será publicado.

Mobile Sliding Menu