Provedores regionais ultrapassam as 2 milhões de conexões em fibra em julho

Categorias Cidade, Notícias

A banda larga fixa mostrou em julho um crescimento mensal em linha com o do mês anterior, novamente graças às adições de três recortes: o grupo de provedores regionais, a fibra ótica e das velocidades acima de 34 Mbps. No total, o mercado brasileiro tinha 30,545 milhões de acessos no começo do segundo semestre, um aumento de 0,78% no mês (237 mil adições) e 9,50% (2,649 milhões de adições) no acumulado do ano. Pelo menos de acordo com o balanço da Anatel divulgado nesta quarta-feira, 29, os ISPs ainda não ultrapassaram a Oi como o terceiro maior grupo – o que só deverá ocorrer na tabela referente ao mês de setembro ou outubro mantendo-se as tendências atuais -, mas continuaram liderando o crescimento mensal, com 200,6 mil acessos a mais, totalizando 5,637 milhões de contratos.

Somente considerando os provedores pequenos com fibra, foram 168,6 mil adições líquidas no mês (dos quais 21,5 mil eram de conexões acima dos 34 Mbps) de um total que pela primeira vez ultrapassou a casa de 2 milhões de conexões. Isso representa 45,2% de toda a base FTTH do mercado brasileiro.

Outros grupos adicionaram acessos em suas bases no mês, mas apenas a América Móvil (Claro, Embratel e Net) mostrou avanço de dois dígitos (26,1 mil adições líquidas, ou 0,29%). Ainda assim, é a maior base do País, com 9,192 milhões de conexões. A Vivo encerrou julho com 7,722 milhões de contratos, após aumento de 5,9 mil conexões no mês. A Oi, ainda quarta colocada, reduziu a base em 12,8 mil acessos e ficou com 6,180 milhões de conexões.

A base total de fibra no País fechou julho com 4,427 milhões de acessos, um crescimento de 295,1 mil conexões (7,14%) no mês, e de 2,007 milhões em 12 meses (82,98%). É de longe a tecnologia que mais cresce no mercado – a segunda com maior adições é a Cable Modem, com 24,5 mil adições e um total de 9,275 milhões de contratos, sendo também a segunda maior tecnologia do Brasil. A mais popular continua sendo a xDSL, com 12,789 milhões de conexões, apesar de continuar a perder acessos: foram 88,9 mil no mês e 524,2 mil em 12 meses.

Velocidade

Na velocidade acima de 34 Mbps, 178,1 mil adições líquidas mensais foram da América Móvil, que detém 3,338 milhões de acessos apenas nesse recorte, ou pouco mais da metade de toda essa base. No total, as conexões acima de 34 Mbps somaram 6,294 milhões de acessos em julho, um avanço de 294,7 mil (4,91%) no mês e 2,743 milhões (77,27%) no comparativo com o mesmo mês de 2017.

Também adicionaram acessos no mês os recortes de 2 Mbps a 12 Mbps (74,9 mil adições, total de 10,207 milhões, a maior do mercado) e de 12 Mbps a 34 Mbps (48,8 mil adições, total de 7,852 milhões). As conexões mais lentas, de até 512 Kbps e de 512 Kbps a 2 Mbps reduziram a base em 91,3 mil desconexões (de um total de 782,5 mil) e 90,3 mil desligamentos (de total de 5,408 milhões), respectivamente.

Você pode ler também!

Campanha Antirrábica: mais de 12 mil animais foram vacinados na primeira fase da Campanha na zona urbana

Número representa aproximadamente 70% da meta, que é de vacinar cerca de 19 mil animais; ação

Read More...

77ª Campanha de Doação de Sangue é no próximo sábado

Em parceira com Hemonúcleo de Piracicaba, ação será realizada na ETEC Prefeito Alberto Feres, das 8h

Read More...

Prefeitura realiza plantio de pitangueiras em comemoração ao Dia da Árvore

Por meio do Departamento do Meio Ambiente, ação será efetivada no CRAS Pró-Arara, nesta sexta-feira Para

Read More...

Poste o seu comentário::

Seu E-mail não será publicado.

Mobile Sliding Menu