Saema fará a abertura na segunda-feira da proposta final para construção da nova Estação de Tratamento de Esgoto

Categorias Notícias, Prefeitura de Araras

Licitação chega na fase final e obras vão iniciar ainda este ano

         O Saema agendou para a próxima segunda-feira, dia 29 de outubro, às 9h30, a abertura do envelope com a proposta financeira da licitação que definirá a empresa que vai construir a nova Estação de Tratamento de Esgoto. Essa é a última etapa da licitação, seguida de homologação da empresa vencedora, assinatura do contrato e início das obras ainda este ano.

         Das duas empresas pré-habilitadas na fase inicial, apenas uma se manteve habilitada, comprovando toda a documentação exigida no edital. A Comissão Permanente de Licitações do Saema publica nesta sexta-feira (26) a ata de julgamento do último recurso da empresa inabilitada, que não apresentou os atestados correspondentes ao solicitado no edital.

         A única empresa habilitada é a Augusto Velloso Engenharia S/A, que tem larga experiência em construções deste tipo. A construção da nova Estação de Tratamento de Esgoto será com verba federal, já liberada pela Caixa Federal, e o valor estimado da licitação é de R$ 21.626.554,12.

         O projeto da nova ETE prevê a utilização do processo de lodo ativado, com aeração prolongada (Etapa A). Essa fase é composta de tratamento primário, estação elevatória de esgoto, lagoa aerada, decantadores, medidor de vazão, tratamento de lodo e desinfecção de efluentes. A Estação terá capacidade de tratar 100% do esgoto doméstico, com 70% de eficiência. Uma segunda etapa do projeto prevê mais dois decantadores, leito de secagem e serviços urbanísticos, chegando a 95% de eficiência de tratamento de todo o esgoto produzido na cidade.

         Araras já tem uma Estação de Tratamento, mas não trata seu esgoto doméstico com eficiência há vários anos. E deixou de fazer qualquer tratamento por completo a partir de 2015, quando ocorreu o desmoronamento de parte das paredes de concreto de dois dos três reatores de tratamento.

         Para conseguir a liberação dessa verba por parte do Ministério das Cidades, a Prefeitura de Araras precisou mudar o projeto executivo anterior, além de muitas reuniões técnicas com as equipes do próprio Ministério e da Caixa Econômica Federal, desde 2017. O prefeito em exercício Pedro Eliseu Sobrinho e o então presidente do Saema, Junior Franco, foram a Brasília no mês de julho deste ano e conseguiram a aprovação de seu novo projeto da ETE. Desta forma, a Caixa Econômica Federal e o Ministério das Cidades autorizaram a abertura de licitação.

Secom/Prefeitura de Araras

Você pode ler também!

Deise Olimpio se licencia e suplente Célio Pacheco assume mandato de vereador em Araras

A vereadora Deise Aparecida Olimpio de Oliveira (PSC) licenciou-se nesta sexta-feira (16) do cargo de vereadora,

Read More...

Energia volta e Saema suspende alerta de falta de água em Araras

O blackout não foi previsto pela ELEKTRO. Na tarde desta sexta-feira (16/11) parte dos bairros de

Read More...

Motorista alcoolizado que provocou acidente com vítimas fatais em 2015 é penalizado com mais de dez anos de reclusão

Recém-casados, Laila e Fernando Hebling morreram após acidente na Rodovia Wilson Finardi, em Araras. Ela estava

Read More...

Poste o seu comentário::

Seu E-mail não será publicado.

Mobile Sliding Menu