Pessoas sem sintomas da doença podem se cadastrar para fazer o teste junto à equipe que fica na carreta itinerante

Categorias Saúde em

Uma nova etapa de testagem para pessoas sem sintomas de covid-19 tem início semana que vem na carreta itinerante, que está no recinto do Parque Ecológico e Cultural Gilberto Rüegger Ometto.

Coordenada pela Secretaria Municipal da Saúde, a ação faz parte da estratégia adotada pela Prefeitura para avaliar a evolução da doença e também indicadores epidemiológicos na cidade.

Ao todo, serão mais 350 cadastros disponibilizados pela Prefeitura para testes de assintomáticos. Eles serão realizados de 5 a 9 de outubro, com limitação de 70 por dia. Os interessados devem procurar a equipe da Secretaria da Saúde, que fica na tenda ao lado da carreta itinerante na próxima semana. O cadastro será realizado de segunda a sexta-feira, das 8h às 16h, para posterior agendamento do exame.

Há limitação de cadastros diários para assintomáticos de acordo com a demanda do serviço, que é destinado principalmente para testagem de pessoas com suspeita da covid-19. Esses pacientes que apresentam sintomas como febre e problemas respiratórios devem procurar atendimento médico na tenda sentinela da Santa Casa e na UPA 24h e são testados após triagem da equipe da Saúde, responsável também pelo agendamento dos exames.

Quem está com suspeita da doença, portanto, não deve procurar diretamente a carreta, e sim as unidades específicas para atendimento covid. Familiares e pessoas que tiveram contato próximo com pessoas que testaram positivo também fazem o exame.

Na primeira etapa da testagem em massa de assintomáticos, ocorrida no último dia 19, 350 pessoas sem sintomas retiraram senhas para fazer o exame no próprio dia e outras 1000 se cadastraram para agendá-lo.

A carreta iniciou os trabalhos no último dia 8 de setembro e já realizou quase 7 mil exames. Na semana que vem, a unidade permanece no Parque Ecológico, mas deve ser deslocada para outra região em breve.

Como são os testes na carreta

Realizados a partir de uma amostra de sangue, os testes avaliam a presença de anticorpos IgM/IgG e, com isso, também se a pessoa está em fase de transmissão da doença ou não.

Com a ampliação da testagem, o número de confirmações da doença na cidade tende a aumentar também, o que não significa necessariamente piora nos índices e sim redução na subnotificação dos casos. A testagem em massa vai ser importante também para traçar estatísticas mais detalhadas e específicas sobre a doença na cidade.

O objetivo da Secretaria Municipal de Saúde é realizar, a princípio, 15 mil testes, o que representa mais de 10% da população total da cidade. O número, no entanto, pode ser ampliado conforme a necessidade da rede municipal.

A ação visa também traçar o perfil epidemiológico da doença, o que servirá para avaliar o trabalho já realizado e direcionar novas ações para o combate ao novo coronavírus (Sars-CoV-2).

Você pode ler também!

Nova pesquisa aponta liderança de Pedrinho Eliseu com 38,2%

Gestão do atual prefeito é desaprovada por 58,9% dos entrevistados Em pesquisa divulgada neste sábado, 17 de outubro, pelo SBT

Read More...

Saema orienta moradores sobre o consumo consciente de água

A chuva dos últimos dias não foi o suficiente para recuperar os reservatórios da região e, por isso, o

Read More...

Duas salas de vacina funcionam até as 20h nesta semana para atender crianças e adultos

A Secretaria Municipal de Saúde ampliou o horário de duas salas de vacinação nesta semana para atender crianças e

Read More...

Poste o seu comentário::

Seu E-mail não será publicado.

Mobile Sliding Menu