Benefícios do INSS acima do mínimo têm reajuste de 5,45%; teto sobe para R$ 6.433

Categorias Brasil em

O governo oficializou nesta quarta-feira (13) o reajuste de 5,45% para aposentados e beneficiários do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) que recebem acima de 1 salário mínimo, de acordo com portaria do Ministério da Economia publicada no “Diário Oficial da União”.

Com o reajuste, o teto dos benefícios do INSS passa de R$ 6.101,06 para R$ 6.433,57.

Pela legislação federal, o índice de reajuste do benefício de aposentados e pensionistas que recebem valor superior ao do salário mínimo é definido pela variação do Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) do ano anterior.

Em 2020, o INPC ficou em 5,45%, conforme divulgou na terça-feira (12) o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Pela lei, aposentadorias, auxílio-doença, auxílio-reclusão e pensão por morte pagas pelo INSS não podem ser inferiores a 1 salário mínimo, fixado em R$ 1.100 para 2021.

O reajuste aplicado ao salário mínimo pelo governo em 2020 (5,26%) ficou abaixo do INPC. Isso significa que, para que não haja perda de poder de compra, o valor do salário mínimo teria de ser reajustado para R$ 1.101,95 neste ano. O Ministério da Economia ainda não se posicionou sobre o assunto.

Você pode ler também!

Prefeitura de Araras realizará Festa das Árvores Virtual em 2021

A Secretaria de Cultura, em parceria com a de Meio Ambiente e Agricultura e de Educação, está iniciando tratativas

Read More...

Secretaria de Educação realiza entrega de kits de lanches para alunos da rede municipal

A Secretaria de Educação vai entregar, a partir desta quinta-feira (15), Kits de lanches com itens que compõe parte

Read More...

Dengue: 49 casos são registrados em Araras

O Setor de Controle de Endemias da Prefeitura registrou 49 casos de dengue em Araras. Segundo o balanço divulgado

Read More...

Mobile Sliding Menu