Butantan envia à Anvisa pedido para uso emergencial de doses da CoronaVac envasadas no instituto

Categorias Brasil em

Autorização deste domingo foi para as 6 milhões de doses da vacina contra a Covid-19 que chegaram prontas da China. Se for aprovada, a nova solicitação terá validade para todo material envasado pelo instituto; em nota, agência confirmou recebimento. Atualmente, o Butantan tem 4,8 milhões de doses prontas aguardando liberação.

O diretor-presidente do Butantan, Dimas Covas, disse que enviou na manhã desta segunda-feira (18) um novo pedido de uso emergencial da CoronaVac à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), desta vez solicitando autorização para uso de todas as doses envasadas pelo instituto. A vacina contra Covid-19 é produzida em parceria com o laboratório chinês Sinovac.

A autorização para uso emergencial do imunizante concedida neste domingo (17) refere-se às 6 milhões de doses que já chegaram prontas da China e que começaram a ser distribuídas pelo Ministério da Saúde na manhã desta segunda. Já a nova solicitação, se for aprovada, terá validade para todo material envasado pelo instituto. Atualmente, o Butantan tem 4,8 milhões de doses prontas aguardando liberação.

“Ainda na manhã de hoje [segunda] entramos com o pedido de uso emergencial, agora para todas as doses que serão produzidas no Butantan. A primeira partida de 4,8 milhões já [estará] em disponibilidade à medida que for feita essa liberação. Uma vez aprovada, aí a produção do Butantan já será feita de acordo com essa autorização”, afirmou Dimas Covas em entrevista coletiva na tarde desta segunda.

Em nota, a Anvisa confirmou que recebeu o segundo pedido de uso emergencial enviado pelo Butantan e afirmou que a solicitação “está em análise para checagem dos documentos”.

Ainda segundo Dimas Covas, a autorização, uma vez concedida, não deverá ser limitada ao estoque atual.

“Não haverá necessidade de todo lote ser requisitado. Poderemos chegar aí à produção adicional de 35 milhões, já descontando essas 4 milhões. E, eventualmente, [também] no acréscimo que inclusive já foi mencionado ao Ministério de 56 milhões de doses adicionais. Esperamos que essa autorização aconteça o mais rapidamente possível”, disse Dimas Covas.

Ele destacou ainda que a própria Anvisa orientou que as solicitações para uso emergencial fossem enviadas separadamente.

“Entramos hoje a pedido da própria Anvisa. A Anvisa nos solicitou que terminássemos o primeiro processo e, na sequência, aplicássemos o segundo, exatamente porque a documentação é muito similar.”

Você pode ler também!

Projeto Saema Verão é lançado com medidas voltadas à crise hídrica

O Saema (Serviço de Água e Esgoto do Município de Araras) está lançando o Projeto Saema Verão, com medidas

Read More...

Secretaria da Saúde se reúne para discutir planejamento de 2022

Na manhã desta sexta-feira (3), na Casa da Memória de Araras Pedro Pessotto Filho, os coordenadores da Secretaria Municipal

Read More...

Inscrições para oficinas de circo são prorrogadas até sábado

A Secretaria Municipal de Cultura informa que as inscrições para a oficinas de circo foram prorrogadas até este sábado

Read More...

Mobile Sliding Menu