Estado de SP volta para a fase amarela da quarentena nesta segunda-feira e comércio reabre

Categorias Cidade em
- Updated

Exceção é para a região de Presidente Prudente, que permanecerá na fase vermelha, a mais restritiva, em que só serviços essenciais são liberados. Nova reclassificação, que estava marcada para esta segunda (4), foi adiada para a quinta-feira (7).

O estado de São Paulo volta nesta segunda-feira (4) para a fase amarela da quarentena, em que é permitida a abertura do comércio e de outras atividades não essenciais. A exceção é a região de Presidente Prudente, que por conta dos indicadores de internações permanecerá na fase vermelha, a mais restritiva do Plano São Paulo de flexibilização da economia.

A gestão João Doria (PSDB) havia colocado todo o estado temporariamente na fase vermelha para tentar conter o avanço da contaminação pelo coronavírus. A medida valeu nos dias 25, 26 e 27 de dezembro e 1º, 2 e 3 de janeiro.

A nova reclassificação das regiões do estado entre as fases, que estava marcada para esta segunda-feira (4), foi adiada para a próxima quinta-feira (7).

Serviços liberados na fase amarela:

shoppings;
lojas;
concessionárias;
escritórios;
bares, restaurantes e lanchonetes;
academias;
salões de beleza;
parques;
cinemas, teatros e outros estabelecimentos culturais.

Serviços essenciais permitidos na fase vermelha:

farmácias;
mercados;
padarias;
postos de combustíveis;
lavanderias;
meios de transporte coletivo, como ônibus, trens e Metrô;
bancos;
pet shops;
hotéis, pousadas e outros serviços de hotelaria.

Você pode ler também!

Veja o que muda em SP: governo colocou estado na fase vermelha aos fins de semana

De segunda a sexta, só serviços essenciais serão autorizados à noite; aos sábados, domingos e feriados, isso valerá para

Read More...

Brasil ultrapassa 215 mil mortes por Covid, com 1.071 registradas em 24 horas

O consórcio de veículos de imprensa divulgou novo levantamento da situação da pandemia de coronavírus no Brasil a partir

Read More...

Em meio à piora da pandemia no país, popularidade de Bolsonaro cai para 31%

Pesquisa Datafolha divulgada nesta sexta-feira (22) aponta que a popularidade do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) caiu na comparação

Read More...

Mobile Sliding Menu