Governo de SP anuncia vacinação de idosos acima de 90 anos contra a Covid-19 a partir de 8 de fevereiro

Categorias Saúde em

O Governo de São Paulo anunciou nesta sexta-feira (29) que idosos acima de 90 anos serão vacinados a partir do dia 8 de fevereiro, já os que estão na faixa etária entre 85 e 89 começarão a ser imunizados no dia 15 do mesmo mês. A informação foi divulgada durante coletiva de imprensa nesta sexta-feira (29).

“Com o novo lote de vacinas, iniciaremos a partir do dia 8 de fevereiro a vacinação de 206 mil idosos acima de 90 anos de idade. E a partir do dia 15 de fevereiro idosos de 85 a 89 anos, no total de 515 mil pessoas. Mais de meio milhão de pessoas serão vacinadas a partir de 8 de fevereiro”, afirmou o governador João Doria (PSDB).

A coordenadora do controle de doenças infecciosas da secretaria de saúde do estado de São Paulo, Regiane de Paula, alertou que a inclusão dos idosos com mais de 85 anos no plano de vacinação se deve à vulnerabilidade dessa faixa etária à Covid-19.

“A prioridade leva em conta a vulnerabilidade dessa faixa etária uma vez que 37% das pessoas com mais de 85 anos que tiveram Covid evoluíram para o óbito no decorrer da pandemia”, disse Regiane.

A gestão estadual também anunciou nesta sexta-feira (29) que 1,8 milhão de doses da CoronaVac foram liberadas pelo Instituto Butantan ao Ministério da Saúde. Do total, 410 mil doses ficarão em São Paulo para seu programa de imunização.

As doses liberadas nesta sexta fazem parte do pedido de uso emergencial de 4,1 milhões de doses que o instituto Butantan fez na segunda-feira (18), destas 900 mil foram liberadas na sexta (22).

Com a entrega de 1,8 milhão doses nesta sexta-feira (29) o Instituto Butantan cumpriu o cronograma firmado em contrato com o Ministério da Saúde que previa a entrega das 8,7 milhões de doses da vacina até 31 de janeiro.

“O Instituto Butantan já forneceu 8,7 milhões de doses da vacina contra a Covid-19 para o Ministério da saúde. 80% de todas as vacinas disponíveis no país no momento foram fornecidas por São Paulo através do Butantan”, disse Doria.

A previsão é a de que o Instituto Butantan receba no dia 3 de fevereiro mais uma remessa de 5,4 mil litros de insumos para produção da CoronaVac. De acordo com o instituto, o material possibilita a produção de 8,6 milhões de doses da vacina.

Você pode ler também!

Oito estados brasileiros impõem toque de recolher e DF decreta lockdown

Em São Paulo, o governador João Doria determinou um “toque de restrição”, que tem como objetivo evitar eventos e

Read More...

Adultos infectados com a variante identificada em Manaus têm 10 vezes mais vírus no corpo, aponta Fiocruz

Um estudo feito por pesquisadores da Fiocruz aponta que adultos infectados pela variante brasileira P.1 do coronavírus, identificada primeiro

Read More...

Ararense Natália Crippa pede ajuda dos internautas para participar do Reality “Mansão Cake Lover”

A ararense Natália Crippa pede ajuda dos internautas para participar do Reality "Mansão Cake Lover". Num vídeo publicado em suas

Read More...

Mobile Sliding Menu