Parlamentares de oposição cobram do Ministério da Saúde compra de Coronavac

Categorias Brasil em

Parlamentares da Comissão de Enfrentamento à Covid-19 cobraram o Ministério da Saúde, nesta quinta-feira, a agilizar a compra de 54 milhões de vacinas da Coronavac junto ao Instituto Butantan, que nesta quarta reclamou da demora.

Somando essas doses ao que o Brasil já comprou, o acordo totalizaria 100 milhões de vacinas.

No Ministério da Saúde, técnicos afirmaram à CNN que o governo não deixará de comprar todo estoque. Mas a falta de uma resposta oficial é o que complica o meio de campo já que o produto é visado por outros países e, internamente, também por governos locais.

“É uma demanda mundial. Se nós pedirmos com antecedência, poderemos receber esses itens com mais rapidez”, afirmou a relatora da comissão, Carmem Zanotto, à CNN.

Ela afirma que o grupo vai encaminhar um ofício ao ministro Eduardo Pazuello para jogar pressão. A deputada também esteve reunida com o ex-ministro Antonio Imbassahy, que é chefe do escritório de representação do governo de São Paulo em Brasília.

Até o momento, dos 21 integrantes da comissão, 15 assinaram o pedido, além de Zanotto, o presidente da comissão Luis Teixeira Junior (PP-RJ), General Peternelli (PSL-SP), Jorge Solla (PT-SP), Paula Belmonte (Cidadania-DF), Mariana Carvalho (PSDB-RO), Zacharias Calil (DEM-GO), Rodrigo Coelho (PSB-SC), Leandre (PV-PR), Carla Dickson (Republicanos-RN), Aliel Machado (Rede-PR), Jandira Feghali (PCdoB-RJ), Dorinha Seabra Resende (DEM-TO), Tereza Nelma (PSDB-AL) e Paulo Teixeira (PT-SP).

A comissão não se reúne oficialmente desde o início do recesso parlamentar, o que tem motivado reclamações internas.

Na semana passada, em um encontro informal, um grupo de mais de 10 parlamentares esteve com o ministro das Relações Exteriores e os fabricantes de vacinas, da Fiocruz e do Butantan. Dimas Covas já alertava, na ocasião, sobre o que considera demora do governo brasileiro em acertar a compra das vacinas.

A manifestação dos parlamentares pede urgência no tratamento do assunto. Ainda que pelo contrato o governo não precise responder agora sobre a compra das vacinas, para a comissão, o país corre um risco desnecessário de perdê-las.

Você pode ler também!

Oito estados brasileiros impõem toque de recolher e DF decreta lockdown

Em São Paulo, o governador João Doria determinou um “toque de restrição”, que tem como objetivo evitar eventos e

Read More...

Adultos infectados com a variante identificada em Manaus têm 10 vezes mais vírus no corpo, aponta Fiocruz

Um estudo feito por pesquisadores da Fiocruz aponta que adultos infectados pela variante brasileira P.1 do coronavírus, identificada primeiro

Read More...

Ararense Natália Crippa pede ajuda dos internautas para participar do Reality “Mansão Cake Lover”

A ararense Natália Crippa pede ajuda dos internautas para participar do Reality "Mansão Cake Lover". Num vídeo publicado em suas

Read More...

Mobile Sliding Menu