União Química envia à Anvisa pedido de uso emergencial da Sputnik V no Brasil

Categorias Saúde em

O laboratório União Química e o Fundo de Investimento da Rússia, responsáveis pela vacina Sputnik V, pediram autorização da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para uso emergencial do imunizante no Brasil.

A Anvisa tem um prazo estimado de dez dias para analisar o pedido e os documentos enviados que comprovam a eficácia da vacina.

A Sputnik V já está sendo utilizada em outros países, e o laboratório informou que a entrada do pedido adiantaria o processo. No entanto, a vacina ainda não chegou à fase três de testes de eficácia e de segurança aqui no Brasil.

A União Química afirmou que, se o uso for autorizado, ela terá condições de fornecer 10 milhões de doses ainda no primeiro trimestre de 2021.

Você pode ler também!

600 solicitações de manutenção, conservação e substituição são atendidas em duas semanas

A Prefeitura de Araras realizou a contratação de nova empresa para a instalação e manutenção da iluminação pública, após

Read More...

Parceria entre Secretarias viabiliza a implantação do Projeto Escola Sustentável

As Secretarias Municipais de Meio Ambiente e Agricultura e de Educação idealizaram o Projeto Escola Sustentável que tem como

Read More...

Horários de vacinação de adolescentes com 12, 13 e 14 anos são definidos por datas de nascimento nesta quarta e quinta-feira

A Prefeitura de Araras realiza, nesta quarta-feira (15), a vacinação de adolescentes com 13 e 14 anos, das 8h

Read More...

Mobile Sliding Menu