São Paulo volta à fase vermelha; medidas valem até 19 de abril

Categorias Saúde em
- Updated

O Estado de São Paulo voltará à fase vermelha do Plano São Paulo na próxima segunda-feira (12) e a medida deve valer até 19 de abril. O estado está na fase emergencial desde o 15 de março. O anúncio oficial foi feito no início da tarde desta sexta-feira (9), em entrevista coletiva no Palácio dos Bandeirantes.

Embora exista a previsão de progressão de fase, algumas medidas de restrição continuarão valendo. Cultos religiosos presenciais seguem proibidos e o toque de recolher das 20h às 5h será mantido. O governo mantém também a recomendação do teletrabalho e o escalonamento de horários alternados para os setores de serviços, do comércio e da indústria.

De acordo com as autoridades, a reabertura das lojas de material de construção também será permitida assim que o estado volta à fase vermelha. Além disso, eventos esportivos poderão acontecer sem a presença de público e obedecendo todas as normas sanitárias.

Os restaurantes também voltam a ter a autorização para funcionar no esquema take away, onde clientes podem retirar os pedidos diretamente na loja.

Vacinação
Durante a coletiva também foi anunciada a antecipação da vacinação contra Covid-19 dos profissionais da educação do estado. Antes prevista para segunda-feira (12), a imunização será iniciada já neste sábado (10).

“Tínhamos anunciado a vacinação de profissionais da educação a partir de segunda-feira (12). Estamos, portanto, antecipando para este sábado (10)”, disse o vice-governador, Rodrigo Garcia (DEM), em entrevista no Palácio dos Bandeirantes.

Garcia disse também que o estado antecipou a imunização das pessoas com mais de 67 anos. Esse grupo, que começaria a ser imunizado na quarta-feira (14), também poderá ser vacinado já a partir de sábado (10).

Volta às aulas
O governo de São Paulo confirmou ainda a retomada das aulas presenciais nas escolas do estado a partir da quarta-feira (14), dois dias depois de o estado sair da fase emergencial e voltar para a fase vermelha do Plano SP.

As escolas do estado devem usar a segunda (12) e a terça-feira (13) para orientação e conversas com as famílias e também para organização da comunidade escolar, segundo o secretário da Educação, Rossieli Soares.

“Escolas que já estão abertas trarão outro público a partir de 14 de abril com atendimento com aula propriamente dita”, disse o secretário.

Ele ressaltou, no entanto, que assim como anteriormente não haverá uma obrigatoriedade de presença neste primeiro momento e será mantida a limitação a 35% da capacidade das escolas.

“Na rede estadual, estaremos focados em alunos com severa defasagem de aprendizado, alunos com dificuldade de acesso à tecnologia, alunos com necessidade de alimentação escolar, alunos cujos responsáveis trabalhem em serviços essenciais e alunos com saúde mental sob risco”, completou o secretário.

Veja o que pode e não pode na fase vermelha
Apesar da progressão à fase vermelha, algumas medidas instauradas na fase emergencial seguem valendo. Veja o que pode e o que não pode:

Regras vigentes:
Restrição ao atendimento presencial de todos os serviços não essenciais
Regras incorporadas da Fase Emergencial:
Toque de recolher das 20h às 5h e reforço da fiscalização
Recomendação de escalonamento na entrada e saída da indústria, serviço e comércios
Obrigatoriedade de teletrabalho para todas as atividades administrativas
Proibição de celebrações religiosas coletivas
Mudanças:
Permissão de realização de campeonatos esportivos profissionais após 20h, com testagem e protocolos sanitários mais rígidos
Permissão de retirada de produtos para shoppings, comércios, restaurantes e outras atividades
Permissão de atendimento presencial nas lojas de material de construção

Você pode ler também!

FHO tem vagas para transferência universitária com bolsa de estudos de 50%

As inscrições para o Programa de Transferência seguem até 31 de agosto. A FHO|Fundação Hermínio Ometto, de Araras (SP), tem

Read More...

Projetos de construção e reforma civil serão protocolados exclusivamente em plataforma digital a partir de 1° de setembro

A partir do dia 1° de setembro, a Prefeitura de Araras realizará o licenciamento de obras e reformas de

Read More...

Em virtude de reforma no prédio da Secretaria de Assistência Social, atendimento à população é direcionado aos Cras

Prédio da Secretaria de Assistência Social, localizado na Rua Treze de Maio, 175, centro, está passando por reformas. Nesse

Read More...

Mobile Sliding Menu