Marcas redirecionam cada vez mais para o mundo das redes sociais

Categorias Cidade em

Talvez você não se lembre mais como no passado tinha acesso aos novos lançamentos das marcas, mas com certeza sabe que não era através das redes sociais, até porque elas não existiam ainda.

Os comerciais na TV, os outdoors têm sido cada vez mais substituídos por anúncios publicitários através das redes sociais, ou através da divulgação de produtos pelos chamados influenciadores digitais.

O que acontece atualmente é que você vai deslizando pelo feed da sua rede social e passa por diversos anúncios, ou ao seguir a sua figura pública preferida dá de caras com algum produto que ela ‘usa’ e recomenda e, nessa altura já sente vontade de experimentar.

O Facebook e o Instagram são, no momento, a maior janela publicitária e os responsáveis pela maioria das decisões de compra, principalmente as que são feitas online. Mas, parece que não vai ficar por aí.

A rede social Tik Tok, enorme sucesso mundial, principalmente nas faixas etárias mais jovens começou a negociar com algumas empresas europeias para testar vendas o que é uma oportunidade super interessante para as marcas se aliarem ao sucesso da rede social e rentabilizarem assim as suas vendas.

Como tudo se irá processar

A empresa ainda está em fase de testes e negociações, mas é relativamente fácil prever como tudo poderá acontecer já que o modelo deverá ser semelhante ao já utilizado pelas restantes redes sociais.

O interesse do Tik Tok será permitir aos seus usuários, criadores de conteúdo possam comercializar os seus próprios produtos ou dos seus parceiros num esquema semelhante ao que acontece com o sistema de afiliados.

Por enquanto, tudo indica que o Tik Tok irá apostar num sistema semelhante ao que acontece na rede social Instagram, colocando um separador que possa funcionar como um catálogo de vendas, mas não podemos esquecer que o modelo de negócio da Tik Tok é excelente para promover produtos com uma mensagem em vídeo de curta duração, formato ideal para usuários perceberem em pouco tempo porque devem utilizar determinada marca.

Algumas marcas optam divulgação em outro gênero de plataformas

Nem todos os modelos de negócio faze sentido se associarem com uma rede social, algumas podem usufruir da criação de uma plataforma de divulgação própria, ou na aposta de figurarem em listas de plataformas dedicadas à avaliação de determinados produtos ou serviços.

Por exemplo, plataformas de jogo online, como as de cassino por disporem de um modelo de negócio particular, não beneficiam com uma estratégia de divulgação de negócio nas redes sociais, no entanto, faz sentido que figurem nas listas de melhores páginas disponíveis nas plataformas online dedicadas ao assunto.

Também empresas de serviços devem apostar essencialmente por garantir boas revisões em plataformas dedicadas aos consumidores como acontece com a plataforma Reclame Aqui, o maior portal do consumidor brasileiro ainda que possam canalizar parte da sua estratégia de marketing nas redes sociais.

A questão das redes sociais

Quando as marcas se associam a plataformas de avaliação ou a parceiros nas redes sociais estão a oferecer aos consumidores algo que um comercial não consegue oferecer, autoridade e confiança aos consumidores.

O facto de uma plataforma com autoridade divulgar determinado produto faz aumentar a confiança dos seus consumidores em escolher aquele produto, assim como, ver que o seu influenciador preferido escolheu aquele produto lhe vai dar maior confiança em experimentar.

No entanto, as redes sociais trazem consigo a questão da desconfiança. No mundo em que as marcas se reidirecionam cada vez mais para o digital, os consumidores começam a duvidar de que os produtos não são apenas aconselhados porque a marca ofereceu determinado valor pela sua divulgação.

O segredo aqui é exatamente escolher plataformas sérias que avaliem produtos de forma imparcial e influenciadores que, mesmo estando a ser pagos, oferecem a sua opinião sincera e não um discurso ensaiado sobre aquele produto ou serviço.

Ser um consumidor com olhar crítico é o segredo para fazer boas escolhas de consumo, pois a tendência será que as marcas passem cada vez mais para o lado digital.

Você pode ler também!

Covid-19: vacina para profissionais da Educação 18+ está disponível

Já está disponível no Parque Ecológico a vacina contra a Covid-19 (Sars-CoV-2) para os profissionais da Educação do grupo

Read More...

Saúde realiza Dia D de vacinação contra a Covid-19 para pessoas com comorbidades neste sábado

A Secretaria da Saúde realiza, no próximo sábado (12), Dia D de vacinação contra Covid-19 para pessoas com comorbidades

Read More...

Covid-19: vacinação de gestantes e puérperas 18+ tem início nesta sexta-feira

Nesta sexta-feira (11) começa a vacinação contra a Covid-19 para gestantes e puérperas (45 dias pós-parto) do grupo 18+

Read More...

Mobile Sliding Menu