Araras zera mortes de idosos com idades entre 60 e 69 anos em junho

Categorias Saúde em

A aplicação da primeira e segunda dose da vacina contra a Covid-19 tem mostrado resultados importantes no que diz respeito à diminuição de casos graves e óbitos nas faixas etárias que já foram imunizadas em Araras.

De acordo com dados divulgados pela Vigilância Epidemiológica, o número de óbitos em decorrência da Covid-19 em pacientes com idades entre 60 e 69 anos foi reduzido à zero no mês de junho.

Em março, quando esse público ainda não havia recebido as duas doses do imunizante, 25 óbitos em decorrência do novo coronavírus foram registrados em pacientes nesta faixa etária. Naquele mês e também em fevereiro, o grupo apresentava o maior número de óbitos por complicações da doença, com 32% das mortes registradas em março e 34% em fevereiro.

A diminuição no número de óbitos em outras faixas etárias que já receberam as duas doses de vacina também é expressiva. Em março, 20 pacientes com idades entre 70 a 79 anos morreram em decorrência da Covid-19. Em abril, 16 mortes foram registradas nesta faixa etária. Já em maio, apenas uma morte foi confirmada.

Em março, 16 pacientes com idades superiores há 80 anos morreram por complicações da Covid-19. Em abril, o número apresentou queda de 50%. Em maio, a diminuição foi de 62,5%. Em junho, apenas um óbito pela doença foi registrado nesta faixa etária.

A diminuição dos óbitos nas faixas etárias que englobam pessoas com mais de 60 anos também pode ser observada de outro ângulo, quando comparamos o número de óbitos em janeiro, fevereiro e março, aos meses de abril, maio e junho.

Nos três primeiros meses do ano, 30% das mortes pela Covid-19 foram registradas em pacientes com idades entre 60 e 69 anos, 24% em pessoas com idades entre 70 e 79 anos e 24% em pacientes com mais de 80 anos. Ou seja, juntas, as faixas etárias foram responsáveis por 78% dos óbitos entre janeiro e março.

Após a vacinação, os meses de abril, maio e junho mostraram mudanças expressivas em seus gráficos: 17% das mortes pela Covid-19 foram registradas em pacientes com idades entre 60 e 69 anos, 19% em pessoas na faixa-etária de 70 a 79 anos e 15% em pessoas com mais de 80 anos.

Em contrapartida, o número de óbitos de pessoas nas faixas etárias entre 50 a 59 anos, que ainda não foram imunizadas com a segunda dose da vacina, apresentou aumento expressivo no segundo trimestre do ano: 27 mortes pelo novo coronavírus foram registradas em abril, maio e junho, o equivalente a 26% dos óbitos registrados pela doença neste período.

“Os dados epidemiológicos apresentados provam que a vacina reduz a mortalidade. Nos três primeiros meses de 2021, a maior parte dos óbitos pela Covid-19 eram registrados em pacientes com mais de 60 anos, que ainda não tinham tomado as duas doses da vacina. A partir do momento que atingimos as duas doses do imunizante nesse público, nos últimos três meses, houve uma inversão: reduzimos significativamente o número de pessoas que infelizmente faleceram acima dos 60 anos e tivemos um aumento significativo dos óbitos abaixo dessa idade, aquelas pessoas que ainda não tiveram a chance de serem vacinadas”, explicou Agnaldo.

Você pode ler também!

Prefeitura de Araras anuncia retorno às aulas presenciais no dia 16 de agosto

A Prefeitura de Araras definiu o retorno às aulas presenciais na Rede Municipal de Ensino no dia 16 de

Read More...

4ª Campanha de Doação de Sangue de 2021 acontece em agosto

Em agosto, acontece a 4ª Campanha de Doação de Sangue – iniciativa coordenada pela Secretaria Municipal da Saúde, em

Read More...

Volume de chuva no primeiro semestre é 26% menor em 2021

O volume de chuva registrado pelo Saema (Serviço de Água e Esgoto do Município de Araras) nos seis primeiros

Read More...

Mobile Sliding Menu