Lei do parklets ainda depende de regulamentação

Categorias Câmara Municipal, Cidade, Notícias

A lei que permite uso de parklets em Araras ainda depende de regulamentação, apesar de ter sido aprovada em 2016 pela Câmara Municipal. O entrave prejudica comerciantes que desejam usar o sistema e que depende de regras, aplicadas somente mediante o decreto a ser feito pelo prefeito Pedrinho Eliseu (PSDB).

A presença de um parklet em frente a um bar localizado na Rua Albino Cardoso, Centro, motivou questionamentos de munícipes sobre a legalidade da situação. Tribuna tentou contato com o proprietário do estabelecimento, mas não teve retorno até o fechamento desta edição.

O parklet ficou instalado em frente ao bar durante vários dias, ocupando duas vagas para estacionamento de veículos. Em entrevista para Tribuna, o secretário municipal de Planejamento, Paulo Bertonili, confirmou a situação e disse que o bar recebeu autorização como projeto piloto.

“De fato o proprietário entrou em contato com a Prefeitura e solicitou autorização para a instalação do parklet. Mas como temos a lei e sem o decreto para sua regulamentação, não é possível impor as regras”, explica. Mesmo assim, o secretário disse que a estrutura seria desmontada ontem (30), e autorizada a montagem somente durante a noite. O bar teria sido notificado.

Lei aprovada altera artigo do Código de Posturas

A lei aprovada no ano passado pretende alterar o Código de Posturas do Município de Araras e incluiu o “Artigo 14-A”. Este artigo cita que “poderá, em consonância com a lei, ser permitido o uso de área destinada ao estacionamento de veículos no leito carroçável da via pública para a implantação de estrutura temporária equipada com mobiliário urbano, que terá função recreativa, artística e de lazer, denominada parklet, podendo ser de uso público ou particular e devendo oferecer conforto, segurança e acessibilidade aos munícipes”.

Mas como citado no início da reportagem, para ser válida a lei precisa do decreto da Prefeitura. “Possivelmente será feita uma pequena mudança na lei em relação ao espaço permitido dos parklets. Importante frisar que a lei prevê que a estrutura seja de uso coletivo e não individual”, afirma o secretário.

Bertolini revela que outro comerciante entrou em contato com o Planejamento com interesse para montar a estrutura. “Ainda não é possível autorizar sem a regulamentação da lei. Como disse, no caso do bar, foi um projeto piloto que será retirado pelo comerciante durante o dia”, finaliza.

Comerciantes terão que obedecer manual

Se regulamentada pela atual gestão, a lei do parklet exige que o comerciante obedeça normas que constam em um manual de instrução. O documento inclui desde o tamanho da estrutura até espaço para vazão das águas das chuvas, área verde e uso coletivo.

Questionado se o parklet instalado como piloto pelo bar segue o padrão que deve ser implantado, Bertolini explica que não. “O que está na Albino Cardoso é de paletes e não segue o recomendado pelo manual”, disse.

Por fim, a lei afirma que caberá a Prefeitura autorizar a instalação e o comerciante precisará requerer pedido de instalação com toda documentação específica com projeto e memorial descritivo e que deverão passar pela Secretaria Municipal de Planejamento, Gestão e Mobilidade. No atual caso, o bar encaminhou o projeto.

Você pode ler também!

Aumento de temperaturas para próxima semana em Araras e sem previsão de chuvas.

Conforme site Clima Tempo, haverá um aumento de temperatura para as próximas semanas na nossa região

Read More...

Comediante Cleber Rosa “Chico da Tiana” se apresenta no Teatro Estadual em Araras

A Teatro GT traz para o interior do estado de São Paulo o stand-up do humorista

Read More...

16 pré-candidatos foram habilitados para eleição do Conselho Tutelar

O Comdicar (Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de Araras) divulgou na última

Read More...

Poste o seu comentário::

Seu E-mail não será publicado.

Mobile Sliding Menu