Projeto de Lei que obriga instalação de redes de proteção em novos edifícios de Araras é aprovado

Categorias Câmara Municipal, Notícias

Os vereadores aprovaram por unanimidade na sessão ordinária, realizada segunda-feira (7), o projeto de Lei de autoria da parlamentar Regina Noêmia Geromel Corrochel (PTB), que obriga as construtoras instalarem redes de proteção em janelas, varandas e sacadas nos novos edifícios residenciais que venham a ser construídos em Araras.

As janelas basculantes deverão ser entregues com dispositivos que limitem a abertura a 15 centímetros, opcionalmente às redes de proteção. De acordo com o projeto, caso o comprador do imóvel não concorde com a instalação das redes de proteção, deverá informar a construtora por escrito no ato do compromisso de compra e venda do apartamento.

Coso a construtora ou a empresa vendedora do imóvel descumprirem o que estabelece a Lei, ambas serão multadas em mil reais por apartamento e se em 30 dias do ato da autuação, o infrator não tomar providência, o valor da multa será dobrado.

De acordo com a vereadora Regina Corrochel, o objetivo desta Lei é proporcionar segurança e evitar acidentes com crianças, idosos e animais. “Estou aqui trabalhando sempre visando o conforto da população ararense, esse meu projeto é para evitar tragédia, por isso, doravante quando o cliente receber a chave do seu novo imóvel, os equipamentos de segurança obrigatoriamente já estarão instalados proporcionando proteção à família”, destaca.

Você pode ler também!

Confira a Previsão do Tempo para Araras e Região para os dias 15, 16, 17 e 18/07/2019

Segunda-feira (15/07) e Terça-feira (16/07) Na segunda-feira haverá aumento da nebulosidade nas regiões oeste, sul e

Read More...

Café & Chocolate reúne mais de 80 mil pessoas na Praça Barão

Superando todos os recordes, a edição 2019 do Festival Café & Chocolate, realizado pela Prefeitura de

Read More...

CCJ aprova limites para emissão de som em templos religiosos

A Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ) aprovou proposta (PL 524/15) que limita a

Read More...

Poste o seu comentário::

Seu E-mail não será publicado.

Mobile Sliding Menu