Exposição fotográfica retrata cotidiano de transgêneros

Categorias Cidade, Notícias On
- Updated

Um projeto fotográfico que mostra o cotidiano de quatro pessoas transgênero e de autoria da jornalista ararense Carolina Carettin, além do jornalista rio-clarense Wellington Lima, vai percorrer o Estado de São Paulo dentro de outra exposição, chamada de “Cotidiano Plural” e feita pelo Museu da Diversidade Sexual.

Algumas fotos que estarão expostas em outras cidades paulistas podem ser vistas no estande do CCA/Ufscar (Centro de Ciências Agrárias da Universidade Federal de São Carlos), que convidou os jornalistas para a exposição. O estande integra a Feprara (Feira das Profissões de Araras), que começou ontem e segue até o próximo sábado (16) no Sesi, localizado no Heitor Villa-Lobos.

O projeto “Trans (i) dentidade” nasceu do TCC (Trabalho de Conclusão de Curso) dos jornalistas em 2016, ano de conclusão da graduação na Unimep (Universidade Metodista de Piracicaba).

Carolina recorda que o objetivo inicial era mostrar como a população LGBTT (Lésbicas, Gays, Bissexuais, Transexuais e Transgêneros) é retratada pela mídia, seja jornal, revistas, canais de televisão ou internet. “No decorrer da pesquisa identificamos que dentro do meio LGBTT a população transgênero é a que ainda mais sofre preconceito, tanto que o Brasil é o país que mais mata transexuais e transgêneros em todo o mundo”, afirma.

De fato, último estudo do órgão Transgender Europe aponta o Brasil como líder em assassinatos dentre 68 países pesquisados. De 1º de janeiro de 2008 a 30 de setembro de 2016 foram 900 mortes, mais de 3 vezes na comparação com o México, país que ocupa a segunda colocação com 271 mortes.

“Nosso objetivo é tentar acabar com o estereótipo que ainda afeta essa parcela da população”, enfatiza. A jornalalista disse que encontrou dificuldades para conseguir personagens para criar o livro, principalmente pelo medo da exposição à violência. “Entramos em contato com 12 pessoas e conseguimos apenas quatro”, emenda.

Os dois jornalistas se dedicaram ao tema durante seis meses com fotografias e relatos de vida dos personagens. O resultado é o livro com mais de 40 fotos, divididos em capítulos. “Cada capítulo conta um pouco da história de cada um. São estudantes, universitários, profissionais liberais como qualquer pessoa”, explica.

O projeto ganhou visibilidade e a primeira exposição foi no campus do CCA/Ufscar (Centro de Ciências Agrárias da Universidade Federal de São Carlos), localizada no Jardim Pedras Preciosas, zona norte. Recentemente, a dupla venceu um edital do Museu da Diversidade Sexual e vai percorrer cidades de todo o Estado.

Em tempo: o Museu da Diversidade é o primeiro equipamento cultural da América Latina relacionado à temática, criado em 2012 e vinculado à Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo. O Museu garante a preservação do patrimônio da comunidade LGBTT do Brasil, com coleta e organização de materiais sobre o tema.

Além de Araras, a exposição dos jornalistas também já passou por Araçatuba. “Percebemos que ainda existem pessoas na sociedade que estão fechadas para o diálogo sobre o tema. Porém, outras já buscam entender e respeitam a população trans e mostra a importância do diálogo”, finaliza Carolina.

Feira das Profissões termina no sábado

Organizada pela Secretaria Municipal de Educação, a Feprara (Feira das Profissões de Araras) começou ontem (13) no Sesi e pretende despertar o interesse educacional nos estudantes.

Quem visita o espaço pode conferir os estantes de diversas instituições de ensino superior, além de tirar dúvidas sobre os cursos oferecidos, palestras educacionais e vestibulares. Hoje (14) e amanhã (15) a exposição será aberta a partir das 8h às 12h e reaberta das 13h às 17h e 19h às 22h. No sábado (16) funciona das 8h às 12h.

Feira das Profissões de Araras

Hoje e amanhã

Manhã: 8h às 11h30

Tarde: 13h às 17h

Noite: 19h às 22h

Sábado

Manhã: 8h às 12h

Fonte: Tribuna do Povo – Site

Você pode ler também!

Vereadores Jovens da Câmara Municipal de Araras visitam a Estação de Tratamento de Água do Saema

Vereadoras e vereadores da Câmara Jovem de Araras visitaram, na última quinta-feira (18), a Estação de

Read More...

Dia do Agricultor será comemorado com shows e exposições

Evento gratuito será realizado neste domingo (28), no Centro Cultural Leny de Oliveira Zurita, e contará

Read More...

Festival Municipal Sertanejo: inscrições devem ser feitas pela internet

Cadastros devem ser efetuados pelo e-mail festivalsertanejo@araras.sp.gov.br até o dia 23 de agosto; cantores solo, duplas

Read More...

Poste o seu comentário::

Seu E-mail não será publicado.

Mobile Sliding Menu