Plantador de árvores transforma as paisagens urbanas em Araras (SP)

Categorias Cidade, Notícias em

Durval Oliveira é bancário aposentado e contribui para devolver ao município o título de Cidade das Árvores.

Durval Oliveira é bancário aposentado e plantador de árvores há quase 9 anos. Em 2008, admirando os ipês no bairro onde morava, pensou: “Eles podem acabar”. A partir desta reflexão, tomou a iniciativa de plantar mudas de outras espécies nas margens do Ribeirão das Araras, a poucos metros da Estação Rodoviária da cidade.
Em 2011, o aposentado mudou-se para o Jardim Tangará e a falta de árvores no bairro chamou-lhe a atenção. Antes de plantar mudas, tratou de cuidar de uma das poucas árvores que sobreviviam no canteiro central da Avenida Melvin Jones. Hoje, o exemplar está frondoso e saudável. E as mudas que cultivou no mesmo local, cresceram e mudaram a fisionomia da via.
Durval gosta especialmente de plantar espécies frutíferas, “por atraírem aves”, e tem um pequeno viveiro de mudas em casa para formá-las. Em caixas longa vida, ele planta sementes das próprias frutas que consome em casa: tamarindo, uvaia, ingá, entre outras.

O aposentado conta que recebeu de um amigo de Camboriú (SC) uma muda de fruta-de-sabiá. “Além de sabiá, sei que a árvore atrai mais de 40 espécies de aves”, conta.
Além dos amigos, estudantes da FHO/Uniararas eventualmente doam mudas para que Durval as plante na área urbana.
Curiosamente, Durval não sabe quantas árvores plantou desde 2008, quando a primeira muda foi colocada em área pública. Porém, o cálculo que faz para florestar a cidade onde mora é curioso: “Para cada árvore que morre, planto cinco mudas”, afirma.
Sempre que pode, o aposentado “visita” os exemplares que plantou. “Quando não é longe, levo água para elas”, diz. A satisfação de Durval também é observar quanto as aves se beneficiam das plantas.
O exemplo do aposentado tem inspirado outros moradores de Araras a mudar a paisagem da cidade com as árvores. “Tenho visto aumentar um círculo de plantadores anônimos que se preocupam em devolver ao município um título que ele já teve: o da Cidade das Árvores.”
Cidade das Árvores
Em 7 de junho de 1902, foi realizada a primeira Festa da Árvore no município de Araras (SP). De acordo com o biólogo Wenilton Daltro, da Universidade Estadual Paulista (Unesp), o evento pode ser considerado o primeiro movimento conservacionista dedicado às árvores na América Latina.

Fonte: G1/São Carlos

Você pode ler também!

Demutran inicia pintura de solo termoplástica na Avenida José Marques da Silva, no Jardim das Flores

O Demutran (Departamento Municipal de Trânsito) iniciou na última semana a pintura de solo termoplástica (especial) na Avenida José

Read More...

Araras terá castramóvel para animais pré-cadastrados pelo Canil Municipal

A Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Agricultura informa que neste sábado (30), disponibilizará o serviço de um castramóvel

Read More...

Prefeitura prepara Cemitério Municipal para receber visitantes no Dia de Finados

O Dia de Finados se aproxima e o Cemitério Municipal já está preparado para receber os visitantes no feriado.

Read More...

Mobile Sliding Menu