Prefeitura estuda descentralizar Guarda Civil Municipal

Categorias Notícias, Polícia, Prefeitura de Araras em
- Updated

Setores que funcionam no atual prédio da Secretaria Municipal de Segurança Pública e Defesa Civil podem ser descentralizados, conforme anúncio prévio feito pelo prefeito Pedrinho Eliseu (PSDB) em coletiva de imprensa ontem (3). O projeto deve ser explicado detalhadamente na semana que vem.

Por enquanto, a gestão Pedrinho aguarda o fim das tratativas que pode resultar no aluguel de um novo prédio central para abrigar a pasta. O secretário de Segurança Pública Moisés Furlan confirma a proposta, mas pondera que não pode revelar mais detalhes da situação para não atrapalhar o fechamento do contrato.

Tribuna apurou que a Segurança Pública deve sair nas próximas semanas do atual prédio localizado na Rua dos Coroados, no Campinho. Além da GCM (Guarda Civil Municipal), serviços como Defesa Civil, Ronda Rural, Polícia Militar Ambiental, Demutran (Departamento Municipal de Trânsito) e o Departamento de Multas funcionam desde 2006 no mesmo local.

Porém, a manutenção no prédio é incerta pela ausência de tratativa com o atual proprietário e que também deve ser detalhado na próxima semana. Furlan disse que o contrato já venceu e, ao que tudo indica, pode não ser renovado.

Caso confirme a possível saída, a Prefeitura estuda alugar em outro local – que ainda está sendo definido – um prédio central que vai abrigar a Segurança Pública e outros setores. Já a GCM pode ser descentralizada e levada para cada região da cidade. “A ideia é manter efetivo próximo aos moradores de todas as regiões”, disse Furlan.

A descentralização pode incluir todas as regiões (norte, sul, leste e oeste), mas a situação ainda também será explica pela atual gestão. “Estudamos locais que ficam no Jardim Alvorada, Jardim Cândida e até o Parque Ecológico (Gilberto Rügger Ometto)”, citou o secretário.

PAS da Praça Barão de Araras funciona 24 horas

Uma medida adotada recentemente pela Segurança Pública é a reativação do PAS (Posto Avançado de Segurança) da Praça Barão de Araras, que fica atrás da Basílica de Nossa Senhora do Patrocínio.

No primeiro semestre deste ano, Moisés Furlan citou a reativação, mas para uso exclusivo da zona azul e somente durante o dia. Por conta de reclamações de pessoas que frequentam a praça, a Prefeitura decidiu ampliar o funcionamento para 24 horas.

“Os guardas já ficam no PAS durante todo o período e atendem durante o dia a zona azul. A reativação atende pedidos de pessoas que se dizem inseguras na região da praça, até para utilizar os sanitários”, explicou.

Outro fator que contribuiu para a decisão é a presença de pessoas que usam drogas ilícitas, principalmente no período da noite, e também moradores em situação de rua. “O munícipe não tinha onde buscar ajuda ou informação e decidiu reativar o PAS”, finaliza.

Você pode ler também!

Demutran inicia pintura de solo termoplástica na Avenida José Marques da Silva, no Jardim das Flores

O Demutran (Departamento Municipal de Trânsito) iniciou na última semana a pintura de solo termoplástica (especial) na Avenida José

Read More...

Araras terá castramóvel para animais pré-cadastrados pelo Canil Municipal

A Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Agricultura informa que neste sábado (30), disponibilizará o serviço de um castramóvel

Read More...

Prefeitura prepara Cemitério Municipal para receber visitantes no Dia de Finados

O Dia de Finados se aproxima e o Cemitério Municipal já está preparado para receber os visitantes no feriado.

Read More...

Mobile Sliding Menu