Fundador do Sindicato dos Trabalhadores Rurais receberá cidadania ararense em cerimônia na Câmara Municipal

Categorias Câmara Municipal, Notícias em

O Jaboticabalense, Norival Guadaghin de 80 anos, receberá no próximo dia 9 de agosto, às 19h30, em sessão solene na Câmara Municipal de Araras, o título de cidadão ararense. A honraria é de autoria da vereadora Anete Monteiro dos Santos Casagrande (PSDB).

Norival Guadaghin foi o fundador do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Jaboticabal e em 1967 a convite da Federação dos Trabalhadores Rurais do Estado de São Paulo chegou em Araras para reorganizar o Sindicato local, onde foi presidente durante 22 anos e tesoureiro por mais quatro anos. Aposentado e com residência fixa em Araras, atualmente preside o Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Holambra, para onde viaja três dias da semana.

Nascido no dia 14 de janeiro de 1939, é filho de Antônio Guadaghin e de Albina Gomes Guadaghin, casou-se com a senhora Neiva com quem tem cinco filhos, Norival José, Luís Fernando, Andréa Eliane, Leila Beatriz e Marquinho (In memorian). São quatro netos, Murilo Rafael, Amanda, Bianca e Norival José Neto (in memorian).

Religioso, Guadaghin foi batizado com cinco anos na igreja de Nossa Senhora Aparecida em Jaboticabal. Estudioso e trabalhador, de manhã frequentava a escola rural da fazenda Estiva e a tarde trabalhava na roça junto com seu pai e os irmãos. Na adolescência trabalhou em olaria, onde aprendeu a fabricar tijolos e mais tarde foi funcionário de um engenho de pinga.

Na fase adulta, já morando na Zona Urbana de Jaboticabal, Norival Guadaghin conseguiu um emprego de garçom em um restaurante famoso no centro da cidade, mas não se adaptou ao trabalho. Começou então a frequentar mais assiduamente a igreja e a trabalhar como auxiliar na catedral se tornando então um congregado mariano, recebendo inclusive a fita e se tornou catequista e legionário.

O padre da Catedral de Nossa Senhora do Carmo, o Monsenhor Luiz Gonzaga Gonçalves o convidou para uma reunião em uma organização chamada Círculo Operário, que congregava trabalhadores de todas as categorias profissionais. Foi aí que Norival Guadaghin saiu da reunião sendo presidente, por não ter outro candidato. Como presidente do Círculo Operário, foi estudar em São Paulo a convite da Federação dos Círculos Operários do Estado de São Paulo.

O curso que realizou era com a temática de Liderança Sindical e na oportunidade conheceu o presidente da Federação, José Rotta, concretizando ali uma grande amizade e o início da fundação do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Jaboticabal.

Como presidente do Sindicato, Norival Guadaghin participou de um intercambio chamado ‘Aliança para o Progresso’, nos Estados Unidos, onde realizou o curso sobre sindicalismo livre através do American Institute For Free Labor Development (Instituto Americano para o Desenvolvimento do Trabalho Livre)

De volta ao Brasil, recebeu o convite da Federação dos Trabalhadores Rurais do Estado de São Paulo para reorganizar o Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Araras, o qual estava desativado devido ao medo da antiga diretoria ser presa pelo Regime Militar.

Norival Guadaghin mudou-se então para a cidade de Araras com sua família, no ano de 1967, onde com o apoio da Federação dos Trabalhadores Rurais do Estado de São Paulo, começou a reorganizar o Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Araras. Na época, Araras era considerada uma cidade modelo na área agrícola pelo INDA – Instituto Nacional de Desenvolvimento Agrário, e, por isso, não foi difícil encontrar apoio junto as autoridades. Até um programa de rádio foi criado na época, na Rádio Clube Ararense, cujo nome era “Trabalhador Rural e Marcha” e tinha como apresentador o próprio Norival Guadaghin que através dessa iniciativa conquistou ainda mais o apoio dos trabalhadores.

Com tanto incentivo, o sindicato cresceu e se expandiu para as cidades de Leme, Conchal, Mogi Mirim, Mogi Guaçu, Itapira, Holambra, Santo Antônio da Posse, Jaguariúna, Pedreira, Monte Alegre do Sul, Amparo, Serra Negra e Socorro.  

A sede em Araras fica na Rua Liberdade, na esquina da Biblioteca Municipal. Aposentado, Norival Guadaghin atua como presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Holambra, para onde viaja toda semana. É também ministro da Paróquia Bom Jesus da Pirapora.

 

Você pode ler também!

Prefeitura adequa decreto municipal e divulga novas regras para retomada econômica a partir do dia 1°

Comércio varejista, concessionárias e escritórios poderão funcionar das 10h às 14h; atendimento presencial continua proibido em academias de ginástica,

Read More...

Comércio de Araras reabre dia 1º de junho, diz ACIA em comunicado

A ACIA desenvolveu a Campanha “Somos Araras, Compre Aqui!” para a retomada do comércio e de incentivo à população

Read More...

Câmara aprova dispensa de apreciação e votação de requerimentos direcionados ao prefeito municipal

Na 16ª sessão ordinária realizada na última terça-feira (26), os vereadores aprovaram por 10 votos favoráveis e um contrário

Read More...

Poste o seu comentário::

Seu E-mail não será publicado.

Mobile Sliding Menu