Município de Araras/SP já conta com mais de 150 araras-canindés soltas na natureza

Categorias Notícias, Prefeitura de Araras em

O Instituto Brasileiro de Proteção à Natureza (IBPN), uma ONG sem fins lucrativos vem desenvolvendo inúmeros projetos com foco na proteção do meio ambiente, preservação, conservação e recuperação da fauna e da flora.

Dentro de suas atribuições o IBPN fundou em 2012 o Projeto Pró- Arara com o objetivo de repovoar num futuro não muito distante, o município de Araras/SP com as aves que lhe deram o nome.

Atendendo a uma solicitação do IBPN em 2014, a Prefeitura Municipal de Araras encontrou no espaço do antigo zoológico da cidade uma boa oportunidade da implantação de um CRAS (Centro de Reabilitação de Animais Silvestres), e desde então tem atuado como um local de acolhimento, recuperação e reabilitação de animais silvestres, principalmente de aves e mamíferos de pequeno porte, buscando retorná-los a vida livre na natureza.

A triste realidade, é que a maioria dos animais que chegam no CRAS para a reabilitação, cerca de 60% deles, são oriundas do tráfico de animais que hoje é o terceiro maior negócio ilegal do mundo, o tráfico de animais silvestres perde apenas para o de armas e o de drogas sendo que, no Brasil, em cada 10 animais capturados pelos traficantes, apenas um sobrevive.

A partir daí, Rogério Caldas fundador do IBPN passou a oferecer palestras de Educação Ambiental em temas como: tratamento clínico de fauna silvestre, combate ao tráfico de animais, bem como organizar eventos de Educação Ambiental durante o ano e promover palestras em empresas e/ou organizações.

Hoje, após 7 anos de muita dedicação e eficiência no trabalho realizado, o Projeto pode comemorar o sucesso na reintrodução de mais de 150 indivíduos da espécie Ara-ararauna (Arara Canindé) e mais de 100 Papagaios no município de Araras/SP e ainda para maior satisfação dos membros do projeto e de toda população Ararense, já foram identificados e monitorados, pelo menos 4 nascimentos de filhotes das Araras reintroduzidas na natureza, mas estima-se que muitos outros já podem ter nascido em outras áreas próximas.

As aves libertas na Área de Soltura e Monitoramento são frequentemente avaliadas e observadas por uma equipe de biólogos contratados pelo IBPN.

A arara-canindé (Ara ararauna) é uma das espécies de psitacídeos mais capturadas na natureza no Brasil, uma vez que possuem a coloração da plumagem muito atrativa, geralmente são aves carismáticas e de fácil adaptação em cativeiro. Além disso, possuem a capacidade de imitar outros dialetos (inclusive a fala humana), tornando-a uma espécie alvo para abastecer o tráfico ilegal (GUEDES 2004).

Visitas monitoradas
As visitas monitoradas ao Centro Pró-Arara podem ser agendadas antecipadamente pelo telefone (19) 3542-3538. Há limite de no mínimo cinco e no máximo 30 pessoas. As visitas podem ser marcadas em dois horários, às 9h e às 14h, sempre de segunda e sexta-feira.

Você pode ler também!

Sem horário de verão, Google pede a usuários que tirem atualização automática do relógio no Android

O Google publicou um anúncio oficial em seu blog, nesta sexta-feira (18), recomendando que usuários de

Read More...

Tenista ararense é vice-campeã da Copa Guga Kuerten 2019

Com apenas nove anos de idade, a tenista ararense Clara Borrasca Fernandes conquistou o vice-campeonato no

Read More...

Emei do Jardim Dalla Costa é a segunda escola inaugurada neste semestre

A região sul de Araras ganhou mais uma escola municipal na manhã desta sexta-feira (18). A

Read More...

Poste o seu comentário::

Seu E-mail não será publicado.

Mobile Sliding Menu

1
Olá! Fale com o portal Notícias de Araras pelo WhatsAPP Oficial. Clique no botão abaixo para abrir o aplicativo.
Powered by