Araras observa melhores resultados na Cesta básica

Categorias Cidade, Notícias em

Observados os resultados da cesta básica do mês de julho, temos que quase todos os produtos na cidade de Araras tiveram a queda do preço. Isso abre a possibilidade para que a população da cidade economize em produtos essenciais e adicione outros bens à sua cesta de mercado. O cidadão ararense gasta, em média, R$115 a menos do que o cidadão de São Paulo para fazer a aquisição de uma cesta, cerca de 23% menos.

Produtos que antes eram problemas deram folga para o bolso do consumidor este mês:

O tomate e a batata, que davam dor de cabeça ao trabalhador com muitas altas nos preços, representaram a maior queda entre os preços da cesta básica este mês – uma influência do início das safras, que trouxeram resultados melhores que o esperado. No caso da batata, tivemos o início da safra de inverno, que aumentou a oferta do produto e, consequentemente, a queda do preço. No caso do tomate, a safra de inverno foi 50% maior do que o esperado, ocasionando queda dos preços do produto e possibilitando um “ajuste” do preço, que vinha em uma média elevada por conta das seguidas altas sofridas entre janeiro e junho.

* Relatório da Pesquisa Cesta Básica, desenvolvida pelo CEPE –  Centro de Estudos e Pesquisas Econômicas da FHO, no mês de julho.

Fonte: Camila Franchini Zaniboni / Assessoria de Imprensa – FHO

Você pode ler também!

Comércio de Araras reabre neste sábado (11/07) das 09h às 13h; informa a Acia e a Prefeitura em comunicado

Comunicado Urgente! A ACIA e a Prefeitura de Araras informam a todos os comerciantes e a população de Araras que

Read More...

China diz que Cazaquistão tem surto de vírus ‘mais mortal’ do que o Sars CoV-2

A embaixada da China no Cazaquistão disse nesta quinta-feira (9) que há uma pneumonia local, ainda com causa desconhecida,

Read More...

Região de Piracicaba volta para fase laranja do Plano SP e Araras pode reabrir comércio

A região de Piracicaba (SP) voltou para a segunda fase (laranja) do Plano São Paulo de retomada gradual da economia. Com

Read More...

Poste o seu comentário::

Seu E-mail não será publicado.

Mobile Sliding Menu