Bolsonaro pede na TV ‘volta à normalidade’ e fim do ‘confinamento em massa’

Categorias Brasil em
- Updated

Contrariando tudo o que especialistas e autoridades sanitárias do país e do mundo inteiro vêm pregando como forma de evitar que o novo coronavírus se espalhe, o presidente Jair Bolsonaro criticou, em pronunciamento na noite desta terça-feira (24) em rede nacional de televisão, o pedido para que todas aqueles que possam fiquem em casa. Assista ao vídeo abaixo.

Bolsonaro culpou os meios de comunicação por espalharem, segundo ele, uma sensação de “pavor”. E disse que, se contrair o vírus, não pegará mais do que uma “gripezinha”.

Consultado, o Ministério da Saúde informou que não vai se posicionar sobre o pronunciamento do presidente.

“O vírus chegou, está sendo enfrentado por nós e brevemente passará. Nossa vida tem que continuar. Os empregos devem ser mantidos. O sustento das famílias deve ser preservado. Devemos sim voltar à normalidade. Algumas poucas autoridades estaduais e municipais devem abandonar o conceito de terra arrasada, a proibição de transportes, o fechamento de comércios e o confinamento em massa. O que se passa no mundo tem mostrado que o grupo de risco é o das pessoas acima dos 60 anos. Por que fechar escolas?”, declarou.

Você pode ler também!

Mulher de 76 anos com coronavírus morre em Itapira; idosa estava na UTI

Morreu uma mulher de 76 anos diagnosticada com o novo coronavírus que estava internada na Unidade de Terapia Intensiva

Read More...

Exame de conchalense que morreu em hospital de Araras testa negativo para coronavírus

A Prefeitura de Conchal, através do Departamento Municipal de Saúde, informou nesta terça-feira (7) que deu negativo para Covid-19

Read More...

Cordeirópolis registra primeira morte suspeita por coronavírus

Por Notícias de Limeira Uma idosa entrou em óbito na tarde desta terça-feira (07) no hospital de Cordeirópolis por insuficiência

Read More...

Poste o seu comentário::

Seu E-mail não será publicado.

Mobile Sliding Menu