Direção da Santa Casa de Araras rompe contrato com Dr Agnaldo Piscopo sem explicar os motivos

Categorias Saúde em
- Updated

Na tarde desta segunda-feira (16), o médico Dr. Agnaldo Piscopo, divulgou um vídeo em seu instagram, (assista abaixo) onde ele fala sobre um telefonema que recebeu da Santa Casa de Araras (SP), pedidndo para que ele fosse até o Recursos Humanos (RH) para assinar o rompimento da coordenação do Pronto Socorro, onde ele estava há mais de 7 anos, sempre realizando melhorias, tanto na estrututa como no atendimento aos pacientes. Tudo isso, segundo o médico, ocorreu sem nenhum aviso prévio.

De acordo com Piscopo, ele assinou o documento por questão de cumprimento legal, e como o rompimento foi imediato ele pediu para que os médicos do Pronto Socorro, sua até então equipe, continuassem fazendo o melhor possível. O médico pediu apoio da população para voltar na coordenação do local, abrindo mão até mesmo de seus honorários. Até o fechamento desta edição a Santa Casa não havia emitido nenhuma nota explicando o assunto.

“Eu quero dizer que vou lutar pra voltar e eu peço seu apoio, população de Araras. Eu quero continuar fazendo isso sim, nem que seja de graça, de forma voluntária. Eu abro mão dos meus honorários para continuar o meu trabalho e vamos parar de revanchismo, se quiser mudar vamos ter uma transição e não simplesmente romper um contrato de uma coordenação do dia pra noite, sem nenhum tipo de transição “, destacou Agnaldo.

Assista o vídeo na íntegra no Instagram, clique aqui.

Fonte: Beto Ribeiro

 

Você pode ler também!

Governo vai cobrar por SMS que 2,6 milhões de pessoas devolvam auxílio emergencial irregular

O governo federal deve enviar, ainda este mês, mensagens de celular a 2,6 milhões de pessoas que receberam auxílio

Read More...

Pandemia leva empresas a reduzir salários e adiar aumentos, mostra pesquisa

Pesquisa da consultoria organizacional Mercer mostra que 94% das empresas implementaram redução de 3 a 4% no salário-base neste

Read More...

PIB do Brasil cresce 7,7% no 3º trimestre, mas não elimina perdas com pandemia

O Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil cresceu 7,7% no 3º trimestre, na comparação com os três meses imediatamente

Read More...

Poste o seu comentário::

Seu E-mail não será publicado.

Mobile Sliding Menu