Empresário mata esposa após discussão por futebol em SP

Categorias Polícia em

Vítima era palmeirense e comemorava o título quando foi morta a facadas durante uma discussão com o marido corintiano

Um empresário é suspeito de matar sua esposa a facadas após uma discussão por futebol em um condomínio na Vila Mangalot, em São Paulo, na madrugada deste domingo (31). Segundo vizinhos, o casal começou uma briga após comemorações pelo título conquistado pelo Palmeiras, time da vítima.

Segundo a polícia, vizinhos ouviram a briga e acionaram a PM. No local, os agentes encontraram a mulher com diversos ferimentos de faca. Foi realizado atendimento, mas a mulher morreu ainda no local. O homem também tinha ferimentos.

Ainda de acordo com a polícia, a palmeirense estava feliz com o título conquistado pela equipe na tarde de sábado (30). No entanto, seu marido torce pelo Corinthians – equipe rival. De acordo com os vizinhos, uma discussão se iniciou durante as comemorações da vítima.

O suspeito contou à polícia que foi a mulher quem o atacou com a faca primeiro, e que teria tomado a arma de sua mão e ferido ela. Ainda de acordo com a polícia, o casal tem filhos gêmeos, de 2 anos, que estavam no apartamento no momento do crime. O homem foi encaminhado ao hospital e permanece sob escolta policial.

Você pode ler também!

600 solicitações de manutenção, conservação e substituição são atendidas em duas semanas

A Prefeitura de Araras realizou a contratação de nova empresa para a instalação e manutenção da iluminação pública, após

Read More...

Parceria entre Secretarias viabiliza a implantação do Projeto Escola Sustentável

As Secretarias Municipais de Meio Ambiente e Agricultura e de Educação idealizaram o Projeto Escola Sustentável que tem como

Read More...

Horários de vacinação de adolescentes com 12, 13 e 14 anos são definidos por datas de nascimento nesta quarta e quinta-feira

A Prefeitura de Araras realiza, nesta quarta-feira (15), a vacinação de adolescentes com 13 e 14 anos, das 8h

Read More...

Mobile Sliding Menu