Equipes de fiscalização receberam 50 denúncias de aglomerações neste domingo

Categorias Polícia em

Equipes da Fiscalização Urbana, Vigilância Sanitária e Guarda Municipal trabalharam intensamente durante todo final de semana, visando coibir aglomerações em Araras.

Neste domingo (28), aproximadamente 50 denúncias foram atendidas pela Guarda Municipal, 30 delas durante os períodos da manhã e tarde e 20 no período noturno.

“Houve várias denúncias de pequenas festas, principalmente em residências e chácaras, com várias pessoas da mesma família reunidas. Nesse caso,  o procedimento está sendo de orientar e em caso de aglomerações, esperamos as pessoas se retirarem do local e voltarem para suas casas”, explicou o chefe da Fiscalização Urbana, Fernando Pagioro.

Ainda, de acordo com Pagioro, em caso de reincidência, os munícipes serão responsabilizados pela infração, com aplicação de multa. “Se passarmos pelo local, orientarmos e a ação se repetir, faremos o auto de infração e o responsável sofrerá consequências mais severas, com aplicação de multa”.
Além disso, caso os fiscais tenham sua entrada negada, a multa será realizada de maneira automática. “Recebemos uma denúncia de aglomeração em uma chácara, mas a entrada dois fiscais foi proibida. Por isso, nesse caso, realizaremos o auto de infração antes mesmo da orientação”.

As equipes também estão realizando averiguações em locais públicos, como praças, quadras, Lago Municipal e Parque Ecológico.

“Realizamos também a orientação de diversas pessoas que estavam em locais públicos sem máscara. Além disso, em alguns pontos, também foi necessário dispersar jogos de futebol em quadras”, complementou Fernando.

Além do trabalho de atendimento às denúncias e fiscalização em locais de grande circulação de pessoas, a Guarda Municipal também está realizando operações sanitárias em pontos estratégicos da cidade, inclusive com a conferência de documentos de identificação para coibir a circulação de pessoas que estejam em fase de transmissão da Covid-19.

De acordo com o secretário da Saúde, Agnaldo Piscopo, a consciência das pessoas será fator determinante na melhora dos números do coronavírus em Araras. “Muitos problemas relatados pelas equipes de fiscalização refletem exatamente o que temos visto no último ano: aglomerações familiares que terminam em várias pessoas da mesma família contaminadas e internadas. O Poder Executivo pode orientar, fiscalizar e determinar medidas para diminuir a circulação do vírus, mas ter responsabilidade e consciência depende de cada um e é isso que realmente faz a diferença”, ressaltou Agnaldo.

Denúncias sobre possíveis descumprimentos dos protocolos podem ser realizadas pelos seguintes canais: WhatsApp (19) 99703-4966 ou 3541-1532.

Você pode ler também!

Cras Pró-Arara devolveu 77 aves à natureza no primeiro semestre

O Centro de Recuperação de Animais Silvestres (Cras Pró-Arara) recebeu 108 aves, no primeiro semestre de 2021. A maioria das

Read More...

Faculdade Municipal: inscrições do Vestibular seguem até o próximo dia 31

As inscrições para o Vestibular 2021 da FMA (Faculdade Municipal de Araras) – Uninter seguem até o próximo dia

Read More...

Comércio em geral funcionará em horário estendido dois sábados por mês

Em reunião sediada na Acia (Associação Comercial e Industrial de Araras), um grupo de comerciantes e o Sicomércio (Sin­di­cato do Co­mércio

Read More...

Mobile Sliding Menu