Com melhora dos números da pandemia na cidade, estrutura de Saúde de Araras passa por reestruturação

Categorias Saúde em

Com a diminuição no número de pacientes em fase de transmissão do vírus da Covid-19, das internações pela doença e da procura por atendimento nas unidades de Saúde, a Prefeitura de Araras realizará uma reestruturação na Saúde do município.

A partir de segunda-feira (26), a UPA 24 horas – Elisa Sbrissa Franchozza volta a ser local de referência para atendimentos de média e baixa complexidade. Já a Unidade de Retaguarda Covid (URC) será transferida para o Caem (Centro de Atendimento à Especialidades Médicas) Dr. Nelson Salomé.

“A boa notícia é que não precisaremos realizar nenhuma demissão ou contratação, já que a URC foi montada com recursos próprios. Ou seja, em caso de necessidade, ela poderá ser reativada a qualquer momento”, ressaltou o secretário da Saúde, Agnaldo Piscopo.

Com a transferência da URC, os profissionais da Saúde do município voltam aos Postos de Saúde, onde atendimentos de baixa complexidade passam a acontecer sem a necessidade de agendamento para os moradores das regiões sul e norte, das 7h30 às 11h, na ESF Lúcia Menegheti, no Parque Industrial, ESF Narciso Gomes, no Conjunto Habitacional Narciso Gomes, na ESF Francisco Casceli, no Parque das Árvores e na UBS Ênio Vitali, no Jardim Piratininga.

“Os atendimentos nesses quatro Postos de Saúde serão direcionados especificamente aos moradores dessas regiões, sul e norte, que devem procurar essas unidades como porta de entrada para o sistema de saúde. Ou seja, qualquer atendimento de baixa complexidade para os moradores dessas regiões devem ser realizados nessas unidades”, ressaltou Piscopo.

Além desses próprios de Saúde, outros 11 postos estão realizando atendimento com agendamento prévio, sendo eles: UBS Osvaldo S. Devitte, no Narciso Gomes, UBS Alberto Franzini, no Jardim Morumbi, UBS Antonio C. Fabricio, no Jose Ometto I, ESF Edmundo Ulson, no Parque Tiradentes, UBS Enio VItali, no Jardim Piratininga, Saúde da Mulher, no Jardim Sobradinho, UBS José Fiori, Jardim Nova Suiça, ESF Jerônymo Ometto, no Jardim Cândida, CS II João Geraldo Noronha, no Jardim Belvedere, ESF Nilton de Lollo, no São João e UBS Humberto Rodrigues, no Jardim Tangará.

“Nosso objetivo é aumentar esse atendimento sem agendamento prévio nas Unidades de Saúde de maneira progressiva, conforme a disponibilidade de profissionais da área para esses locais. É importante realizar essa estruturação para que as pessoas comecem a entender que esses locais devem ser de referência para os atendimentos, antes do Pronto-Socorro, por exemplo. O médico da Saúde deve ser seu médico”, explicou o secretário.

Por fim, a Santa Casa de Araras segue responsável por atendimentos de alta complexidade, como urgência e emergência, por meio de atendimento via SAMU e/ou encaminhamentos da UPA e Postos de Saúde e também para atendimentos de pacientes com sintomas da Covid-19.

“Torcemos para que as pessoas continuem respeitando as medidas sanitárias, com isolamento social, uso de máscara e álcool em gel, para evitarmos uma terceira onda do novo coronavírus. Mas, se isso acontecer, estaremos preparados, pois essa estrutura é nossa e pode ser reativada a qualquer momento”, finalizou Agnaldo.

Você pode ler também!

Prefeitura de Araras lança Campanha do Agasalho 2021

A Prefeitura de Araras, por meio do Fundo Social de Solidariedade lançou, nesta quinta-feira (6), a Campanha do Agasalho

Read More...

Savegnago doa 150 cartões alimentação para Fundo Social de Solidariedade

A Prefeitura de Araras recebeu, na manhã desta quinta-feira (6), 150 cartões alimentação da rede de supermercados Savegnago. Com

Read More...

Subsolo da nova casa de bombas do Jd. Fátima encontra-se na fase final

O Saema (Serviço de Água e Esgoto do Município de Araras) segue com a construção da nova casa de

Read More...

Mobile Sliding Menu