Com 80% de adesão, Educação retoma aulas presenciais em toda Rede Municipal

Categorias Educação em

Depois um ano e meio sem encontrar amigos e professores devido à pandemia da Covid-19, os alunos da Rede Municipal de Ensino voltaram às aulas presenciais nesta segunda-feira (16), em clima de muita saudade e animação.

No quarto ano do Ensino Fundamental da Emef Adriano Ademir Lombi, a alegria era perceptível até mesmo nos deveres da sala de aula.

“Eu fiquei muito feliz de vir pra escola, rever meus professores, meus amigos. Eu fiquei contente de poder voltar a estudar, porque não poder aprender é muito ruim. Eu gosto de aprender, quero voltar a aprender”, explicou Rhian Antônio Buche, aluno da instituição.

Além do aprendizado, os alunos também comemoram o reencontro com amigos e professores. “Eu tô muito feliz por ter voltado ter reencontrado meus amigos, meu professor preferido e acho que ficar sem aprender em casa é muito chato. Eu fiquei muito ansioso, nem consegui dormir à noite porque eu tava muito ansioso para voltar para escola”, contou o pequeno Kauê Henrique Batista.

Apesar da felicidade em retornar, as crianças também entendem que ainda é necessário tomar alguns cuidados. É o caso da Isabelli Colladetti, que explica quais medidas sanitárias são necessárias neste momento.

“O coronavírus ainda está na rua e tem que se prevenir, tem que passar álcool em gel, tem que usar máscara, tem que ter um metro de distância”, comentou Isabelli.

Para a retomada das atividades presenciais, a Educação realizou senso com pais ou responsáveis pelos alunos da Rede Municipal. Das 8.270 pessoas que responderam ao questionário, 78,9% optaram pelo retorno das crianças às instituições de ensino e 21,1% escolheram continuar com o ensino remoto.

“Importante ressaltar que nesse momento, 80% da Rede, praticamente, voltou às aulas presenciais, após consulta no senso. Já aqueles que optaram por continuar no remoto, seguem com as atividades na plataforma ou impressas da mesma forma. Já o aluno que opta pelo presencial está participando do ensino híbrido, onde ele tem o complemento das aulas presenciais no sistema online”, comentou Heleine Villas Bôas, secretária de Educação.

De acordo com a pasta, neste primeiro momento, as aulas serão ofertadas em sistema híbrido, presenciais e remotas, seguindo cronograma de revezamento elaborado pelas unidades escolares. Além disso, a Rede Municipal de Ensino está  promovendo medidas de segurança como salas de aula com ocupação reduzida, distanciamento de um metro entre as carteiras, adoção de diversas medidas de segurança, instalação de tapetes sanitizantes, aferição de temperatura e obrigatoriedade de uso de máscara logo na entrada das unidades escolares.

 

Como vai funcionar à volta às aulas?

 

As escolas estão recebendo os alunos em sistema híbrido, com a capacidade das salas de aula reduzidas para 35% na Educação Infantil, faixa etária creche e de 50% na Pré-Escola, Anos Iniciais, Anos Finais e EJA (Educação de Jovens e Adultos). Para isso, as turmas foram divididas e organizadas em sistema de revezamento.

As mesmas regras também valem para os refeitórios: distanciamento de um metro entre mesas e cadeiras e adoção de medidas sanitárias objetivando preservar a saúde dos alunos, inclusive com a oferta de merenda seca, não manipulada por servidores.

O trabalho é resultado da união entre diversos setores da Prefeitura, como Educação e Saúde, por meio das Vigilâncias Sanitária e Epidemiológica e visa oferecer um retorno tranquilo e seguro aos alunos. A organização de todos os protocolos, com fluxograma da Saúde, foi discutida durante reuniões realizadas com as equipes gestoras.

 

 Retorno presencial não é obrigatório inicialmente

 

É importante destacar que o retorno presencial não é obrigatório neste primeiro momento, já que os pais também poderão optar pelo sistema 100% remoto, onde o aluno cumprirá toda jornada de estudos em casa, com atividades impressas online. Nesse caso, é necessário que a família preencha Termo de Responsabilidade, se comprometendo com a frequência nas aulas remotas, até que a volta presencial seja obrigatória.

Você pode ler também!

Projeto Saema Verão é lançado com medidas voltadas à crise hídrica

O Saema (Serviço de Água e Esgoto do Município de Araras) está lançando o Projeto Saema Verão, com medidas

Read More...

Secretaria da Saúde se reúne para discutir planejamento de 2022

Na manhã desta sexta-feira (3), na Casa da Memória de Araras Pedro Pessotto Filho, os coordenadores da Secretaria Municipal

Read More...

Inscrições para oficinas de circo são prorrogadas até sábado

A Secretaria Municipal de Cultura informa que as inscrições para a oficinas de circo foram prorrogadas até este sábado

Read More...

Mobile Sliding Menu