Câmara aprova projeto que permite o parcelamento do IPTU e demais tributos em até 200 vezes

Categorias Câmara Municipal, Notícias

Os vereadores da Câmara Municipal de Araras aprovaram por unanimidade, durante a 6ª sessão extraordinária, realizada na madrugada da última quinta-feira (17), o projeto de Lei do Executivo Municipal que institui o Programa de Recuperação Fiscal – Refis 2017 – para quem tem dívidas de IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano) e outros tributos com a prefeitura até 31 de dezembro de 2016.

O prazo para aderir às novas regras vai até o dia 30 de novembro deste ano, mediante assinatura do respectivo Termo de Adesão e Confissão de Dívidas na Secretaria da Fazenda, localizada no Paço Municipal, na Rua Álvares Cabral, 83, no Centro de Araras. O contribuinte, pessoa física, precisa apresentar um documento de identidade. Em caso de empresa, além da identidade, a pessoa jurídica tem que comparecer munido do cartão do CNPJ ou CPF e contrato social ou equivalente.

À adesão ao programa permite o parcelamento do IPTU e demais créditos tributários em até 200 vezes, com o valor mínimo da parcela de 50 reais para pessoa física e 150 reais para pessoa jurídica.

De acordo com a justificativa do projeto, o objetivo é aumentar à arrecadação do município de Araras, por meio do fomento ao cumprimento de créditos tributários. “A ideia é facilitar para que o contribuinte regularize sua situação fiscal junto a Fazenda Pública Municipal parcelando em até 200 vezes a sua dívida”, destaca o prefeito municipal, Pedro Eliseu Filho (PSDB), no projeto.

De acordo com o chefe do Executivo, essa medida, “além de aumentar à arrecadação mediante o recebimento dos impostos vencidos e que não foram pagos pelos contribuintes, vai beneficiar às pessoas que estão inadimplentes e que querem regularizar suas obrigações tributárias”, explica.

Emenda aprovada

No projeto, foi aprovada uma emenda de autoria do vice-presidente da Mesa Diretiva, o vereador Carlos Alberto Jacovetti, que também permite o parcelamento em até 200 vezes de débitos de tributos retidos na fonte.

De acordo com o parlamentar, essa medida visa aumentar ainda mais a arrecadação do município e como consequência melhorar a possibilidade de prestação de serviços aos munícipes.

Projeto que permite o parcelamento do Habite-se também é aprovado

Ainda durante a 6ª sessão extraordinária, os vereadores também aprovaram por unanimidade o projeto de Lei Complementar do Executivo Municipal que regulamenta a cobrança do Habite-se ou Aceite sobre novas construções em até 12 parcelas sem juros ou em 24 parcelas com correção monetária

Com a nova Lei, o contribuinte poderá regularizar seus terrenos ou construções pagando parceladamente os valores devidos. A regra se aplica às obras de construção civil, hidráulica ou elétrica, inclusive sondagem, perfuração de poços, escavação, drenagem e irrigação, terraplanagem, pavimentação, concretagem e a instalação e montagem de produtos, peças e equipamentos, reparação, conservação e reforma de edifícios, estradas, pontes, portos e congêneres. “É importante que o contribuinte apresente o recolhimento do imposto e a documentação fiscal no ato da expedição do Habite-se ou Aceite para que sejam confrontados com os valores constantes da pauta fiscal elaborada pela Secretaria da Fazenda, caso haja diferença nos valores, uma guia será fornecida pelo órgão municipal e o pagamento poderá ser feito parceladamente pelo munícipe”, justifica no projeto o prefeito municipal, Pedro Eliseu Filho (PSDB).

Você pode ler também!

Aumento de temperaturas para próxima semana em Araras e sem previsão de chuvas.

Conforme site Clima Tempo, haverá um aumento de temperatura para as próximas semanas na nossa região

Read More...

Comediante Cleber Rosa “Chico da Tiana” se apresenta no Teatro Estadual em Araras

A Teatro GT traz para o interior do estado de São Paulo o stand-up do humorista

Read More...

16 pré-candidatos foram habilitados para eleição do Conselho Tutelar

O Comdicar (Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de Araras) divulgou na última

Read More...

Poste o seu comentário::

Seu E-mail não será publicado.

Mobile Sliding Menu