Zona azul começa, mas sem venda de tíquetes e multas

Categorias Notícias, Prefeitura de Araras On
- Updated

A Secretaria Municipal de Segurança Pública e Defesa Civil anunciou o início da zona azul para a segunda-feira (4), mas durante o mês de setembro o sistema funcionará somente de forma experimental, sem cobrança de taxas para os motoristas, sem fiscalização e aplicação de multas. A empresa Digipare, responsável pelo software, confirma início da cobrança apenas para outubro.

Em nota encaminhada pela assessoria de comunicação, a Digipare disse que “a cobrança da tarifa ocorrerá apenas em outubro. Inicialmente estão previstos 60 postos de venda autorizados”. Na manhã de ontem, Tribuna percorreu a região central da cidade e constatou com alguns comerciantes que a venda ainda não tinha começado.

Aliás, os comerciantes entrevistados pela reportagem disseram que até o presente momento nem Prefeitura e nem a empresa entraram em contato para saber do interesse em vender os tíquetes para os motoristas. Ainda na mesma nota, a Digipare informa que “o comerciante que tem interesse em vender o tíquete da zona azul pode entrar em contato no email contato@digipare.com.br e informar o comércio, endereço e telefone. Não haverá qualquer ônus ao comerciante já que a Digipare fornecerá o equipamento. Existe ainda a comissão sobre a venda do tíquete”, finaliza.

Governo explica medidas para as próximas semanas

O secretário de Segurança Pública e Defesa Civil, Moisés Furlan, explicou para Tribuna que durante o mês de setembro as ações serão experimentais e confirmou que o motorista não vai precisar pagar pela tarifa durante o mês, que será cobrada em outubro.

Furlan disse ainda que multas de estacionamento irregular não serão aplicadas, conforme consta no CTB (Código de Trânsito Brasileiro). “Será um mês experimental e com medidas para que a gente saiba como funcionará o sistema. No período vamos distribuir materiais educativos e explicar para os motoristas como baixar o aplicativo pelo celular, além da compra no comércio e pelo telefone 0800”, detalhou.

O secretário falou também que os comércios que venderão os tíquetes terão placas nas fachadas, mas o contato tem que ser feito pela Digipare. No caso da Segurança Pública, cabe a responsabilidade na sinalização de trânsito e na fiscalização, que ficará a cargo da Guarda Municipal e começará em outubro.

Na região da Rua Brasília e do Hospital São Luiz funcionará a área verde, local onde o estacionemento tem horário maior permitido (4 horas no total). Ontem, a reportagem percorreu a região e não encontrou sinalização indicando mudanças para os motoristas.

“Vamos instalar placas sobre a área verde e com o tempo máximo de permanência para informar os motoristas. O mês de setembro será experimental e sem aplicação de multas e nem cobrança da tarifa. Nosso objetivo será explicar todo o sistema no período”, finalizou.

Fonte: Tribuna do Povo

Você pode ler também!

Cooperativa Araras Limpa e Saema promovem ação de conscientização sobre lixo reciclável

A Cooperativa Araras Limpa, em parceria com o Saema (Serviço de Água e Esgoto do Município

Read More...

Prefeitura avança na limpeza dos ribeirões na Marginal

A Prefeitura de Araras avançou com o serviço de limpeza dos ribeirões na Avenida Dona Renata

Read More...

Campeonato Municipal dos Servidores: 3ª rodada é neste sábado

Neste sábado (21) acontece a 3ª rodada do Campeonato Municipal de Futebol dos Servidores Públicos de

Read More...

Poste o seu comentário::

Seu E-mail não será publicado.

Mobile Sliding Menu

1
Olá! Fale com o portal Notícias de Araras pelo WhatsAPP Oficial. Clique no botão abaixo para abrir o aplicativo.
Powered by