Segurança Pública quer terceirizar frota da GM

Categorias Notícias, Polícia, Prefeitura de Araras

A Secretaria Municipal de Segurança Pública e Defesa Civil pretende contratar uma empresa para locar veículos que serão utilizados como viaturas pela Guarda Municipal. A medida foi anunciada na última terça-feira (2) em cerimônia dos 50 anos da GM, realizada no Teatro Estadual Maestro Francisco Paulo Russo.

 

O novo modelo é diferente do atual que consiste na compra de novos veículos usados pela GM. O secretário de Segurança Pública, Moisés Furlan, disse que ele é adotado com sucesso por outros municípios, sendo o mais próximo é Limeira, e reduz os gastos da Prefeitura com estrutura.

“O investimento é menor e o custo direto para a Prefeitura fica somente pela conta a ser paga pelo combustível. A empresa que vencer a licitação ficará responsável pela manutenção dos veículos, que serão trocados a cada dois anos”, explica Furlan. No sistema adotado hoje, a Prefeitura compra novos veículos, mas sem prazo padrão para tempo de uso.

O decreto que autoriza a locação foi assinado pelo prefeito Pedrinho Eliseu (PSDB) durante a cerimônia. Furlan disse ainda que edital será preparado e aberto nas próximas semanas para escolha da empresa.

Ele explica também que os veículos são encaminhados pela empresa vencedora conforme o padrão adotado e solicitado por cada munícipio. “O pacote inclui a padronização dos adesivos, nome, cores e até o giroflex. Como citei, a Prefeitura fica apenas com o gasto do combustível”, enfatiza.

Inicialmente, a Segurança Pública pretende locar nove veículos para a GM, sendo três caminhonetes e seis carros com motor 1.6. Os investimentos necessários para a contratação da empresa, que será responsável pela locação, não foram informados.

Pedrinho autoriza cursos para guardas

No mesmo evento, Pedrinho Eliseu assinou outros documentos e um permite a abertura do edital que vai contratar empresa para oferecer cursos preparatórios para os guardas. A obrigatoriedade consta no Estatuto da GM, aprovado pela Câmara Municipal em 2016 e em vigor a partir deste ano.

Em tempo: a não oferta do curso foi motivo de embate entre a Segurança Pública e o Sindsepa (Sindicato dos Servidores Públicos de Araras), que em agosto expôs o caso e que resultou em audiência pública realizada na Câmara. Os cursos são destinados para as carreiras de inspetor e subinspetor para guardas que atendem o requisito para evoluir na carreira dentro da corporação.

Outro documento assinado autoriza que a Guarda Municipal seja denominada Polícia Municipal. “É uma forma do munícipe identificar ainda mais o trabalho dos guardas municipais, então podemos colocar Policia Municipal nas fardas, nas viaturas, nos uniformes e no brasão”, explica Furlan.

Fonte: Tribuna do Povo

Você pode ler também!

Preço do etanol em Araras está entre os 10 mais caros de SP

O preço do etanol em Araras está entre os 10 mais caros do estado de São

Read More...

Com mais de 300 inscritas, 1ª Corrida do Batom em Araras é neste domingo

Retirada do chip de identificação segue até sábado (15); largada está marcada para as 7h30, em

Read More...

Câmara de Araras aprova a inclusão do bairro Cambuí e atualiza a Planta Genérica do Município

Os parlamentares aprovaram por unanimidade, na última segunda-feira (10), na 45ª sessão ordinária, o projeto de

Read More...

Poste o seu comentário::

Seu E-mail não será publicado.

Mobile Sliding Menu