Prefeitura dá continuidade à cronograma e cria novos “Espaço Árvore” na cidade

Categorias Cidade, Notícias

Projeto tem como objetivo proporcionar o desenvolvimento vegetativo ideal em Araras, contribuindo com o solo e a beleza do município; o novo espaço foi criado na última quarta (26), na Rua Mato Grosso

Seguindo o cronograma de implantação arbórea na cidade, foi realizada na última quarta-feira (26), pela Prefeitura de Araras, a criação de mais um Espaço Árvore: projeto que visa o desenvolvimento vegetativo ideal em meio à área urbana, onde não existam obstáculos referentes ao crescimento da raiz, aumentando assim a área de permeabilidade do solo, além de contribuir com a beleza da cidade.

Coordenado pela Secretaria Municipal de Serviços Públicos Urbanos e Rurais, por meio do DMA (Departamento de Meio Ambiente de Araras), o mais novo espaço foi criado na Rua Mato Grosso, atrás da EMEI José Paulino de Oliveira – localizada no Parque Industrial. O “Espaço Árvore” é um projeto do Programa Município Verde-Azul, iniciado em 2017.

“A cidade apresenta um alto índice de impermeabilização, ou seja, a água da chuva não penetra no solo devido ao concreto e ao asfalto das ruas. A substituição de coberturas naturais pelo concreto provoca mudanças nas características da atmosfera local. A falta de permeabilidade do solo aumenta o risco de enchentes e não permite a reposição dos aquíferos, reduzindo a vida de nascentes, córregos e mananciais, comprometendo o abastecimento de água. Infelizmente, nossas calçadas, cobertas de concreto, fazem parte dos fatores que contribuem bastante para essa situação. É aí que entra o projeto Espaço Árvore, que vem para possibilitar um espaço propício para o desenvolvimento das árvores, não confinando o crescimento de suas raízes”, explicou Marcela Gambarotto Teixeira, tecnóloga ambiental do DMA.

Sobre o Programa Município Verde-Azul

O PMVA (Programa Município Verde-Azul) – lançado em 2007 pelo Governo do Estado de São Paulo, por meio da Secretaria de Estado do Meio Ambiente – surgiu com o propósito de medir e apoiar a eficiência da gestão ambiental com a descentralização e valorização da agenda ambiental nos municípios. Dessa forma, tem como objetivo estimular e auxiliar as prefeituras paulistas na elaboração e execução de suas políticas públicas estratégicas para o desenvolvimento sustentável do estado de São Paulo.

A participação de cada um dos municípios paulistas ocorre com a indicação de um interlocutor e um suplente, por meio de ofício encaminhado a Secretaria de Estado do Meio Ambiente. Além disso, a participação do município no PMVA é um dos critérios de avaliação para a preferência na liberação de recursos do FECOP (Fundo Estadual de Controle da Poluição).

Você pode ler também!

Saema pede uso consciente da água para evitar desperdícios

Atualmente, Araras consome 45 milhões de litros de água tratada por dia, e esse consumo aumenta

Read More...

Fundo Social recebe doação de fraldas arrecadadas na 1ª Corrida do Batom

Entrega oficial dos materiais aconteceu nesta terça-feira (18), na sede do Fuss e contou com a

Read More...

Decretos definem correção de 4,28% nos tributos e também no IPTU; quem pagar a vista terá 5% de desconto

Administração Municipal reforça que não houve nenhum aumento dos tributos e o imposto, e sim apenas

Read More...

Poste o seu comentário::

Seu E-mail não será publicado.

Mobile Sliding Menu