Mulher é presa suspeita de matar o marido queimado em Araras

Categorias Notícias, Polícia

O Setor de Investigações Gerais (SIG) de Araras (SP) prendeu, nesta segunda-feira (10), uma mulher suspeita de matar o próprio marido.

O aposentado Luiz Aparecido Franco, de 62 anos, foi encontrado com 100% do corpo queimado na quinta-feira (6), na casa onde vivia com a esposa, no Jardim Bosque de Versalhes. Ele chegou a ser socorrido, mas não resistiu e morreu no Hospital São Luiz no sábado (8).

A Justiça concedeu a prisão temporária de 30 dias de Maria Eva Franco, após as investigações a apontarem como autora do crime. Ela será indiciada por homicídio duplamente qualificado. A defesa dela não foi localizada.

Prisão Temporária
O delegado Tabajara Zuliani dos Santos não deu detalhes sobre as provas do crime, mas espera que a prisão temporária seja convertida para preventiva.

Filha espera Justiça
A filha de Franco, Luana Thais Franco, disse que o casal estava junto há 16 anos e brigava por desavenças com filhos de outros casamentos. Ele tinha quatro filhos, mas nenhum com Maria.

Luana afirmou ainda que, em outra ocasião, o pai ficou quatro dias na UTI após ser dopado por Maria com remédios.

“Também [matou] pelo dinheiro. Da outra vez ela o dopou e tirou o dinheiro dele do banco. Na quarta-feira ele veio em casa e percebi que ele estava dopado. A casa ficou intacta e estava cheirando a álcool, nem a cama inteira pegou fogo. Ela jogou fogo nele mesmo. Ela chegou a ligar para um amigo do meu pai e falado que tinha feito uma cagada”, afirmou.

Agora Luana espera que seja feita Justiça e que Maria fique presa.

“É uma tristeza porque meu pai não merecia isso. A gente falava para ele sair fora. Eu estou pedindo para Deus perdoá-la. Eu não cai nem na real ainda, estou vivendo um pesadelo e não acordei ainda”, disse.

Entenda o caso
Um senhor de 62 anos, de nome Luiz Aparecido Franco, teve 100% do seu corpo queimado durante um incêndio em sua residência no bairro Jardim Bosque de Versalhes na noite desta quinta-feira (07/12). A vítima foi socorrida pelo vizinho e levado pelo SAMU – Serviço de Atendimento Móvel de Urgência ao PRONTO SOCORRO do Hospital São Luiz, em Araras (SP).
De acordo com o Boletim de Ocorrência, um vizinho teria ouvido gritos de socorro e ao verificar que estava acontecendo, notou que havia um incêndio em um dos quartos da casa. Por conta disso, ele arrombou a porta da casa e logo se deparou com a vítima completamente em chamas. O rapaz puxou a vítima e apagou o fogo que o consumia.

Equipes do SAMU estiveram no local e prestaram os primeiros socorros à vítima, que em seguida foi levada ao Pronto Socorro do Hospital São Luiz, onde ficou internada até a noite de sábado (08/12) onde acabou morrendo por conta da gravidade dos ferimentos.
Seu sepultamento ocorreu na tarde de domingo (09/12) no Cemitério Municipal de Araras (SP).

Fonte: Repórter Beto Ribeiro

Você pode ler também!

Obra da Estação de Tratamento de Esgoto é iniciada em Araras

Equipe da empresa vencedora do processo licitatório para realização do serviço está alojada no local da

Read More...

Dedetização em torno da Emei Dona Manoela é executada pelo Saema; autarquia segue com cronograma em bairros da região leste

Dedetização em torno da Emei Dona Manoela é executada pelo Saema; autarquia segue com cronograma em

Read More...

Janeiro Branco: Secretaria de Saúde promove atividade em prol da saúde mental

Iniciativa “Cuidando de quem cuida” será desenvolvida no CEU José Olavo Paganotti, nesta sexta-feira (18), a

Read More...

Poste o seu comentário::

Seu E-mail não será publicado.

Mobile Sliding Menu