Mulher é presa suspeita de matar o marido queimado em Araras

Categorias Notícias, Polícia

O Setor de Investigações Gerais (SIG) de Araras (SP) prendeu, nesta segunda-feira (10), uma mulher suspeita de matar o próprio marido.

O aposentado Luiz Aparecido Franco, de 62 anos, foi encontrado com 100% do corpo queimado na quinta-feira (6), na casa onde vivia com a esposa, no Jardim Bosque de Versalhes. Ele chegou a ser socorrido, mas não resistiu e morreu no Hospital São Luiz no sábado (8).

A Justiça concedeu a prisão temporária de 30 dias de Maria Eva Franco, após as investigações a apontarem como autora do crime. Ela será indiciada por homicídio duplamente qualificado. A defesa dela não foi localizada.

Prisão Temporária
O delegado Tabajara Zuliani dos Santos não deu detalhes sobre as provas do crime, mas espera que a prisão temporária seja convertida para preventiva.

Filha espera Justiça
A filha de Franco, Luana Thais Franco, disse que o casal estava junto há 16 anos e brigava por desavenças com filhos de outros casamentos. Ele tinha quatro filhos, mas nenhum com Maria.

Luana afirmou ainda que, em outra ocasião, o pai ficou quatro dias na UTI após ser dopado por Maria com remédios.

“Também [matou] pelo dinheiro. Da outra vez ela o dopou e tirou o dinheiro dele do banco. Na quarta-feira ele veio em casa e percebi que ele estava dopado. A casa ficou intacta e estava cheirando a álcool, nem a cama inteira pegou fogo. Ela jogou fogo nele mesmo. Ela chegou a ligar para um amigo do meu pai e falado que tinha feito uma cagada”, afirmou.

Agora Luana espera que seja feita Justiça e que Maria fique presa.

“É uma tristeza porque meu pai não merecia isso. A gente falava para ele sair fora. Eu estou pedindo para Deus perdoá-la. Eu não cai nem na real ainda, estou vivendo um pesadelo e não acordei ainda”, disse.

Entenda o caso
Um senhor de 62 anos, de nome Luiz Aparecido Franco, teve 100% do seu corpo queimado durante um incêndio em sua residência no bairro Jardim Bosque de Versalhes na noite desta quinta-feira (07/12). A vítima foi socorrida pelo vizinho e levado pelo SAMU – Serviço de Atendimento Móvel de Urgência ao PRONTO SOCORRO do Hospital São Luiz, em Araras (SP).
De acordo com o Boletim de Ocorrência, um vizinho teria ouvido gritos de socorro e ao verificar que estava acontecendo, notou que havia um incêndio em um dos quartos da casa. Por conta disso, ele arrombou a porta da casa e logo se deparou com a vítima completamente em chamas. O rapaz puxou a vítima e apagou o fogo que o consumia.

Equipes do SAMU estiveram no local e prestaram os primeiros socorros à vítima, que em seguida foi levada ao Pronto Socorro do Hospital São Luiz, onde ficou internada até a noite de sábado (08/12) onde acabou morrendo por conta da gravidade dos ferimentos.
Seu sepultamento ocorreu na tarde de domingo (09/12) no Cemitério Municipal de Araras (SP).

Fonte: Repórter Beto Ribeiro

Você pode ler também!

Matheus Ceará apresenta seu novo show “Papai é uma piada” em Araras

A Brain e a Teatro GT trazem para o interior do Estado de São Paulo Matheus

Read More...

Câmara aprova projeto que cria o Conselho Municipal do Bem-Estar Animal em Araras

Foi aprovado por unanimidade, na última segunda-feira (20), durante a 16ª sessão ordinária, na Câmara Municipal

Read More...

Câmara de vereadores cria Comissão para efetuar fiscalização preventiva de maus tratos nos animais da Festa do Peão de Araras

Os vereadores aprovaram na última segunda-feira (20), durante a 16ª sessão ordinária, na Câmara Municipal de

Read More...

Poste o seu comentário::

Seu E-mail não será publicado.

Mobile Sliding Menu