Programa de Residência Médica da Mandic vai reforçar atendimento na rede pública de saúde de Araras

Categorias Prefeitura de Araras, Saúde

Médicos já formados farão especialização em Araras a partir de março de 2019, atendendo pacientes na Santa Casa, Clínica Sayão e em postos de saúde da rede municipal

Os usuários da rede pública de saúde de Araras ganharão um importante reforço a partir de 2019, com o início do Programa de Residência Médica da Faculdade São Leopoldo Mandic, com sede em Campinas e um dos campus instalado em Araras.

A Mandic abriu neste mês 20 vagas para Residência Médica em Araras, em seis especialidades diferentes, com início da especialização em março de 2019. Na prática, serão 20 novos profissionais atuando em instituições de saúde conveniadas com a faculdade, que em Araras são a Santa Casa, a Clínica Sayão e os diversos postos de atendimento da Secretaria Municipal de Saúde.

De acordo com convênios já firmados com a Prefeitura de Araras, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, esses médicos farão a Residência em Araras utilizando a estrutura pública de saúde local. Importante lembrar que esses alunos já são médicos formados e estão fazendo uma especialização médica em Araras, reforçando o atendimento na rede pública.

O site da Faculdade São Leopoldo Mandic (www.slmandic.edu.br) já abriu as inscrições para esse Programa de Residência Médica, credenciado pela Comissão Nacional de Residência Médica do Ministério de Educação. São 20 vagas para Araras e 14 para Campinas. As vagas em Araras são para Clínica Médica (2), Cirurgia Geral (3), Pediatria (3), Ginecologia e Obstetrícia (2), Medicina de Família e Comunidade (6) e Psiquiatria (4).

Os candidatos aprovados realizarão um intenso treinamento na rede pública de Araras, com duração de 2 a 3 anos, dependendo da especialidade, e terão uma remuneração por meio de bolsa. Esses “residentes” vão cumprir carga horária semanal de 60 horas no atendimento à população, sob orientação e supervisão de médicos já especialistas da Mandic.

“Nossa cidade está se transformando numa referência regional na área da saúde, tanto no serviço público como no setor privado. E essa parceria com a Faculdade São Leopoldo Mandic é muito importante para continuarmos a prestar um bom atendimento à população”, comentou o prefeito Júnior Franco.

Prefeitura pretende zerar fila de atendimentos em psiquiatria

No início deste mês de dezembro, o secretário municipal da Saúde, Romildo Benedito Borelli, participou de uma reunião com diretores da São Leopoldo Mandic e da Clínica Sayão, para tratar especificamente da Residência Médica em psiquiatria, que terá início em março de 2019. A reunião aconteceu nas dependências do CAPS II (Centro de Atenção Psicossocial) Idalina Victorello, que funciona anexo ao Centro de Saúde Mental Aguinaldo Bianchini.

Na ocasião, a reunião definiu detalhes sobre a estruturação da Residência em psiquiatria que funcionará em Araras. “Nosso objetivo é zerar a fila de atendimento em psiquiatria em Araras, com os plantões que esses médicos residentes cumprirão no próprio CAPS II, no Centro Bianchini e na Clínica Sayão”, comentou o secretário de Saúde, Romildo Borelli.

O atendimento em psiquiatria será durante toda a semana, inclusive com plantões aos finais de semana na Clínica Sayão. Além dos atendimentos práticos em Araras, os médicos residentes terão estudos teóricos toda quarta-feira, em Campinas.

Alunos de medicina em Araras

Paralelamente a esse trabalho da São Leopoldo Mandic em abrir vagas para médicos já formados em Residência Médica em Araras, os alunos do curso de medicina no campus Araras da faculdade já prestam serviços nos postos de saúde da cidade. A Mandic conta atualmente com 200 alunos cursando medicina em Araras, sendo 50 já no 2º ano, que ingressaram no curso na 1ª turma, em agosto de 2017, e outros 150 alunos que iniciaram o curso em agosto de 2018.

Os alunos do 1º ano já estão atuando no ambiente SUS (Sistema Único de Saúde) e realizam atividades de campo, atualmente em cinco postos de saúde da cidade: PSF Otávio João Breda (Dom Pedro II), PSF Nilton De Lolo (São João), PSF Francisco Nicola Cascelli (Pq das Árvores), PSF Edmundo Ulson (Tiradentes) e PSF Narciso Gomes II (Narciso Gomes).

Já os alunos do 2º ano do curso de medicina de Araras já desenvolvem atividades práticas da profissão, com atendimento à população, sempre acompanhados de seus professores. Esses alunos atuam no Centro de Saúde II João Geraldo Noronha (Belvedere), no PSF Jeronymo Ometto (Cândida), no PSF Emerson Mercatelli (Versalles), e no PSF Humberto Rodrigues Júnior (Tangará).

Você pode ler também!

IMPERDÍVEL! Stand-up “Nói que é pobre” chega em Araras

A Teatro GT traz para o interior do estado de São Paulo o stand-up do humorista

Read More...

Incêndio destrói cozinha de casa em Araras

Um incêndio destruiu a cozinha de uma casa na madrugada desta quarta-feira (17), em Araras (SP).

Read More...

Homem é preso suspeito de abusar da filha durante seis anos em Araras

Um homem foi preso nesta terça-feira (16) suspeito de abusar a filha, de 14 anos, em

Read More...

Poste o seu comentário::

Seu E-mail não será publicado.

Mobile Sliding Menu