Associação Paulista de Supermercados emite nota desfavorável ao decreto municipal nº 6.711 e diz que decreto coloca em risco a população de Araras

Categorias Cidade em
- Updated

Para a Associação Paulista de Supermercados (APAS), o decreto assinado pelo Prefeito de Araras, Rubens Franco Junior, fará com que a população se aglomere em fila nas portas dos estabelecimentos, o que vai na contramão das recomendações de distanciamento social. Além disso, é que tais medidas decretadas podem provocar uma “corrida” as compras para o estoque dos itens de primeira necessidade, o que traz um desnecessário risco de desabastecimento para a região. Por fim, outro ponto de preocupação é com a segurança das lojas, que terão de fechar as suas portas mais cedo, independentemente de quantas pessoas ainda estejam nas filas esperando para fazer as compras.

Sobre a APAS – a Associação Paulista de Supermercados representa o setor supermercadista no Estado de São Paulo e busca integrar toda a cadeia de abastecimento. A entidade tem aproximadamente 1.500 associados, que somam cerca de 4.000 lojas.

Nota na íntegra:

Você pode ler também!

FHO doa 800 litros de álcool 70% para a Associação Casa do Idoso São Judas Tadeu e Fundação Nossa Senhora do Patrocínio

Desde o início da pandemia, a FHO| Fundação Hermínio Ometto tem unido esforços com as empresas a fim de

Read More...

Araras registra 22° óbito em decorrência da covid-19

A Vigilância Epidemiológica de Araras confirmou mais uma morte em decorrência da covid-19 e, com ela, o número de

Read More...

OMS reconhece surgimento de evidências sobre transmissão da Covid-19 pelo ar

A Organização Mundial da Saúde (OMS) reconheceu nesta terça-feira (7) "evidências emergentes" de transmissão pelo ar do novo coronavírus,

Read More...

Poste o seu comentário::

Seu E-mail não será publicado.

Mobile Sliding Menu