Associação Paulista de Supermercados emite nota desfavorável ao decreto municipal nº 6.711 e diz que decreto coloca em risco a população de Araras

Categorias Cidade em
- Updated

Para a Associação Paulista de Supermercados (APAS), o decreto assinado pelo Prefeito de Araras, Rubens Franco Junior, fará com que a população se aglomere em fila nas portas dos estabelecimentos, o que vai na contramão das recomendações de distanciamento social. Além disso, é que tais medidas decretadas podem provocar uma “corrida” as compras para o estoque dos itens de primeira necessidade, o que traz um desnecessário risco de desabastecimento para a região. Por fim, outro ponto de preocupação é com a segurança das lojas, que terão de fechar as suas portas mais cedo, independentemente de quantas pessoas ainda estejam nas filas esperando para fazer as compras.

Sobre a APAS – a Associação Paulista de Supermercados representa o setor supermercadista no Estado de São Paulo e busca integrar toda a cadeia de abastecimento. A entidade tem aproximadamente 1.500 associados, que somam cerca de 4.000 lojas.

Nota na íntegra:

Você pode ler também!

Cras Pró-Arara devolveu 77 aves à natureza no primeiro semestre

O Centro de Recuperação de Animais Silvestres (Cras Pró-Arara) recebeu 108 aves, no primeiro semestre de 2021. A maioria das

Read More...

Faculdade Municipal: inscrições do Vestibular seguem até o próximo dia 31

As inscrições para o Vestibular 2021 da FMA (Faculdade Municipal de Araras) – Uninter seguem até o próximo dia

Read More...

Comércio em geral funcionará em horário estendido dois sábados por mês

Em reunião sediada na Acia (Associação Comercial e Industrial de Araras), um grupo de comerciantes e o Sicomércio (Sin­di­cato do Co­mércio

Read More...

Mobile Sliding Menu