Matéria-prima para Fiocruz produzir vacina de Oxford chega ao país no sábado, diz ministério

Categorias Brasil em

O Ministério da Saúde informou nesta quinta-feira (4) que deve chegar ao Brasil, na tarde deste sábado (6), o primeiro lote de matéria-prima para a fabricação da vacina contra a Covid-19 de Oxford/Astrazeneca pelo Instituto Fiocruz.

Essa primeira remessa do Ingrediente Farmacêutico Ativo (IFA) fabricado na China deveria ter sido entregue ainda em janeiro, mas houve atrasos na liberação do produto pelos chineses. Especialistas apontam influência de uma “crise diplomática” entre Brasil e China – o governo Jair Bolsonaro nega.

Até terça-feira, a previsão divulgada pela Fiocruz era de que o primeiro lote fosse suficiente para a produção brasileira de 7,5 milhões de doses. Nesta quinta, no entanto, a fundação informou uma estimativa menor – de que os insumos rendam 2,81 milhões de doses.

Ainda de acordo com a Fiocruz, até o fim de fevereiro, está previsto o recebimento de matéria-prima para a produção de 15 milhões de doses ao todo. A fundação não explicou, no material divulgado, porque houve redução na estimativa desse primeiro lote.

Segundo o Ministério da Saúde, o IFA sairá de Xangai às 20h35 desta quinta-feira, no horário de Brasília, e deve chegar ao Aeroporto Internacional do Rio de Janeiro (RIOGaleão) às 17h50 de sábado. O governo pretende divulgar mais detalhes nesta sexta (5).

Você pode ler também!

Comércio fechado e escolas abertas: como fica SP na fase vermelha

O governo de São Paulo confirmou nesta quarta-feira (3) a regressão de todo o estado para a fase vermelha

Read More...

Governo decide comprar ‘todas as vacinas disponíveis’ da Pfizer e da Janssen

O Ministério da Saúde decidiu comprar "todas as vacinas disponíveis" dos laboratórios Pfizer/BioNTech e Janssen-Cilag, braço farmacêutico do grupo

Read More...

Prefeito Pedrinho Eliseu assina protocolo de intenções para aquisição de vacinas

Nesta quarta-feira (3), o prefeito Pedrinho Eliseu assinou um protocolo de intenções para aquisição de vacinas contra a Covid-19

Read More...

Mobile Sliding Menu