Mais de 17 de mil doses de vacinas foram aplicadas em menos de um mês em Araras

Categorias Câmara Municipal, Notícias On

A informação é da enfermeira do setor de Vigilância Epidemiológica da Secretaria Municipal da Saúde, Tavane Anselmo Malaguessi, que fez uso da Tribuna Livre da 31ª sessão ordinária da Câmara Municipal, na última segunda-feira (2), a convite do Presidente do Legislativo de Araras, o vereador Carlos Alberto Jacovetti (REDE).

Só no mês de agosto foram aplicadas 17.020 vacinas em Araras. Desse total, 5.270 foram para imunização contra o sarampo, 4.740 contra a febre amarela, 3.236 contra a tríplice viral, 2.230 para imunizar contra a Hepatite B, 1.280 contra a meningocócica e 880 contra a HPV.

De acordo com a enfermeira, as vacinas são aplicadas durante todo o ano, já que fazem parte do Calendário Nacional de Vacinação. A maioria das vacinas é destinada às crianças, são 12 vacinas aplicadas antes dos 10 anos de idade em 25 doses.

Tavane falou também de uma parceria com a Secretaria Municipal da Educação. O aluno para fazer a rematrícula escolar terá que estar com a carteirinha de vacinação atualizada. “Quero fazer um agradecimento ao Secretário da Educação, Bruno Rosa, aos professores, coordenadores e diretores das escolas que foram solícitos em colaborar conosco pedindo para o aluno, o atestado de situação vacinal, e para a nossa surpresa muitas crianças estavam com as vacinas em atraso”, disse Tavane.

Todas as vacinas aplicadas pela equipe de Vigilância Epidemiológica são digitalizadas em uma planilha e encaminhadas ao Ministério da Saúde. “Quero agradecer minha equipe que se desdobraram muito para poder dar conta dos atendimentos, pois sabemos que um caso de sarampo positivo pode alastrar para outros 20 pacientes, então não medimos esforços para fazer os bloqueios. Quero agradecer também a população que teve paciência, que esperou, que contribuiu para que pudéssemos atender a todos”, pondera.

Tavane explicou também sobre o caso importado de sarampo registrado em Araras. “Foi com um homem de 50 anos que não possui histórico de vacina no nosso município, ele veio de São Paulo visitar familiares aqui em Araras e ele procurou o Pronto Socorro do Hospital São Luís que acionou a minha equipe e lá fizemos o bloqueio em todas as pessoas que tiveram contato com ele”, disse.

A última epidemia de sarampo registrada no Estado de São Paulo ocorreu em 1997 com 23.990 casos. A dose da vacina contra o sarampo é aplicada de acordo com a idade da pessoa, de 1 a 29 anos, duas doses, de 30 a 59 anos, uma dose e acima de 60 anos não precisa receber a vacina. Na semana passada começou a “Campanha Dose Zero”. “A dose zero é em razão de dois bebês que morreram com sarampo em São Paulo, por isso, o Ministério da Saúde resolveu aplicar a vacina em crianças de seis meses a menores de 1 ano”, disse.

Tavane encerrou o discurso pedindo ajuda dos vereadores. “Gostaria de pedir às senhoras e aos senhores que entrem em contato com os deputados federais e estaduais com a finalidade de buscar emendas parlamentares para que possamos abrir novas salas de vacinação com câmara de refrigeração aqui no município, as seis salas de imunização que temos hoje não são suficientes para atender as demandas”, finaliza.

Você pode ler também!

Acidente mata uma mulher e deixa outra ferida na Estrada da Cascata em Araras

Um grave acidente foi registrado na tarde desta segunda-feira (16), na Estrada Municipal Fábio da Silva

Read More...

15ª Feira das Profissões da FHO acontece na próxima semana

De 23 a 26 de setembro, a FHO | Fundação Hermínio Ometto realiza a 15ª edição

Read More...

Fuss e TG realizam campanha para arrecadar alimentos neste sábado

O Fuss (Fundo Social de Solidariedade) de Araras realiza neste sábado (14) Campanha de Arrecadação de

Read More...

Poste o seu comentário::

Seu E-mail não será publicado.

Mobile Sliding Menu