Fiscalização na pandemia: julho já teve mais de 800 denúncias

Categorias Prefeitura de Araras em

Equipes da Guarda Civil Municipal de Araras e da Fiscalização Urbana continuam com ações conjuntas diárias para verificar o cumprimento da quarentena e, especialmente, o isolamento social na cidade, durante a pandemia do novo coronavírus (Sars-CoV-2). Somente neste mês de julho já foram mais de 800 denúncias e solicitações de averiguação, com 61 autuações. Aos finais de semana, elas são ainda mais recorrentes.

No último sábado (25) e domingo (26), foram 180 vistorias e verificação de denúncias em Araras, resultando em 24 autuações por descumprimento das regras que visam o combate à covid-19. Dessas, 18 multas foram para pessoas físicas, no valor de R$100. Oito delas estavam reunidas em uma chácara da zona rural da cidade. No imóvel, alugado, a maioria dos presentes era da cidade de São Paulo e, de início, se recusaram a ceder o CPF para que a autuação fosse feita. Somente diante da possibilidade de serem levados à delegacia, para fazer a identificação, é que resolveram apresentar o documento.

Neste caso, o proprietário do imóvel foi quem recebeu a multa de maior valor, R$2.942,08. “Fica o alerta para proprietários de chácaras e áreas de lazer da cidade. Mesmo que não participem do evento no local da aglomeração, eles serão multados por cederem ou alugarem o espaço”, explicou Wallasy Carlos, chefe de Coordenadoria de Fiscalização Urbana.

As outras 10 multas aplicadas a pessoas físicas têm a ver com o consumo de bebidas em bares e depósitos. Esses estabelecimentos estão com funcionamento liberado, mas fica proibido o consumo no local, o que tem acontecido na cidade, segundo a fiscalização. Nesses casos, os consumidores recebem a multa de R$100 e os proprietários, a multa de R$ 2.942.08. Cinco deles foram autuados a arcar com esse valor no último final de semana.

“O objetivo é fiscalizar. A multa é só consequência de quem ainda não se conscientizou do momento que estamos vivendo. A fiscalização conta com o apoio da população de Araras, para que cumpram o isolamento e denunciem quem não está cumprindo”, reforçou Wallasy.

As autuações ocorrem de duas formas na cidade. Por meio de denúncias feitas pelos telefones 153 e 3543-1532 da GCM ou por flagrantes feitos pela ronda da Guarda Civil Municipal e da Fiscalização Urbana. As multas aplicadas são cadastradas no CPF ou CNPJ do infrator, que recebe um boleto de cobrança no endereço registrado. No caso de não pagamento do valor cobrado, o munícipe pode ser protestado e ter o CPF negativado.

Araras voltou à fase vermelha do Plano São Paulo desde o último dia 20, por determinação do Governo do Estado, com medidas mais restritivas para o combate à covid-19. Tanto que o comércio considerado não essencial está fechado para o atendimento ao público, trabalhando apenas com delivery. A classificação do Governo do Estado é válida em toda a região de Piracicaba e decorrente do aumento da taxa de ocupação de leitos na UTI das cidades que integram a regional.

Você pode ler também!

Auxílio emergencial: Caixa Econômica Federal abre neste sábado

A agência ararense da Caixa Econômica Federal irá abrir neste sábado (1°) das 8h às 12h, para resgate de

Read More...

Sistema alternativo de tratamento de esgoto entrou em operação nesta sexta-feira

Araras deixou oficialmente de despejar esgoto sem tratamento nos rios. O sistema alternativo implantado pela Prefeitura e pelo Saema

Read More...

CAIXA REPOSICIONA LINHAS DE FINANCIAMENTO PARA AQUISIÇÃO DE TERRENO E CONSTRUÇÃO INDIVIDUAL

Banco vem inovando em soluções para esse segmento, a exemplo dos financiamentos indexados em IPCA e Taxa Fixa A CAIXA,

Read More...

Poste o seu comentário::

Seu E-mail não será publicado.

Mobile Sliding Menu